1.º Jogo pela Vida será realizado neste domingo em São Paulo

0
696

Jogadores profissionais em atividade e ex-jogadores farão uma partida principal de futebol. Evento beneficente tem como entrada doação de itens para bebês; haverá homenagem à Chapecoense

Será realizado neste domingo, 11 de dezembro, em São Caetano do Sul (SP), o primeiro Jogo pela Vida, da capital paulistana. Com uma programação que irá das 8h30 às 15h, a atração principal será a partida de futebol entre jogadores profissionais e ex-atletas e a equipe dos defensores da vida de São Paulo. Entre os confirmados está o ex-centroavante Magrão, com passagens por Palmeiras, Botafogo, Grêmio e AD São Caetano. O evento, 100% beneficente, é aberto a todas as idades e na entrada o público deve entregar uma dentre três opções de doação para bebês: pacote de fraldas, roupinha – ambos de 0 a 1 ano e de qualquer tamanho – ou itens gerais (0 a 1 ano), como por exemplo, material de higiene, toalha ou lenço umedecido. Haverá também uma homenagem aos falecidos no acidente da Chapecoense.

A programação começa às 8h30 com partidas de futebol entre crianças, adolescentes e adultos, que puderam se inscrever para o evento. Às 11h30, começará o jogo especial entre jogadores profissionais e ex-atletas e o time dos defensores da vida de São Paulo. Entre as estrelas confirmadas, além de Magrão, estão o meia Juari, ambos campeões do Campeonato Brasileiro de 1993 e 1994 pelo Palmeiras, Marcelinho Paulista, ex-Corinthians, Wagner, ex-lateral do Palmeiras e Flamengo, o meia Márcio Griggio, ex-Santos, Portuguesa, Bahia, Náutico e AD São Caetano, Douglas Marques, zagueiro do Ceará que disputou a Série B deste Brasileirão, o atacante Danielzinho, Botafogo-PB e o zagueiro Henrique Alemão. Também estarão em campo, o atacante Marcelo Fernandes, com passagem pelo Palmeiras, e atualmente jogador do Yangon United, de Myanmar, e o técnico Fael Júnior.

O Jogo pela Vida, cujo objetivo é promover a defesa da vida e conscientizar a sociedade sobre este tema, será realizado coincidentemente num período de incertezas em razão da decisão da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF), no último dia 29/11, de não ver crime em aborto voluntário com até três meses, contrariando a Lei brasileira.

Além da diversão dos jogos de futebol, todos os presentes ganharão um material alusivo de como defender a vida humana, em qualquer instância.

11/12, das 08h30 às 15h
Clube Santa Maria
Rua Pelegrino Bernardo, 1.301 – Bairro Olímpico, São Caetano do Sul

Fonte: Assessor de imprensa: Carlos Biagini