Fundação Casa de Rui Barbosa concede bolsas para estudo sobre Olimpíadas e memória

0
662

Fundação Casa de Rui Barbosa concede bolsas para estudo sobre Olimpíadas e memória

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), entidade vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), acaba de lançar um edital que visa a seleção de bolsistas para atuação no projeto Preservação da Memória das Olimpíadas: processos e ações, cujo objetivo fundamenta-se na preservação e produção de um conjunto documental relacionado à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

No total, serão ofertadas 22 bolsas, que variam de R$ 400 a R$ 3,7 mil por mês, conforme a formação e experiência dos candidatos. Serão contemplados bolsistas com níveis que variam da iniciação científica até o pós-doutorado. As bolsas terão duração de sete meses, de maio a dezembro de 2016, podendo ser prorrogadas caso exista interesse da FCRB por sua continuidade, além de orçamento suficiente para a realização da despesa.

» Acesse o edital
» Confira o projeto Preservação da Memória das Olimpíadas

O projeto de preservação da memória dos Jogos Olímpicos deverá tanto focar-se no processo de construção de um projeto de uma cidade olímpica no Brasil, como também registrar e produzir análises preliminares sobre o impacto do evento para a cidade do Rio de Janeiro e para o País como um todo, a partir de três eixos temáticos: esporte, cultura e cidade.

“Nós somos uma instituição de pesquisa e preservação. Justamente por isso, acho que podemos dar uma grande contribuição junto a esse processo com a construção de uma memória sobre as Olimpíadas”, afirma a presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa, Lia Calabre. “Queremos extrapolar os documentos oficiais a partir de uma coleta de depoimentos, estudos e estatísticas que nos permitam refletir o papel não apenas do esporte, mas também da cultura em meio a esse evento”, completa.

Segundo Lia, as análises serão amplas e deverão refletir, por exemplo, sobre o tamanho do impacto do evento frente à popularização e à diversificação de modalidades esportivas no País ou ainda o papel que a cultura terá frente à imagem que o Brasil passará àqueles que acompanharão os Jogos.

A atividade central do projeto será a de reunião, sistematização e produção de informações e registros imagéticos, documentais e orais, que poderão servir ainda como fonte para novos e futuros estudos. Os documentos coletados e produzidos ficarão à disposição de pesquisadores em um portal criado especificamente para tal finalidade, cujo endereço será divulgado posteriormente. A Fundação prevê, ainda, a realização de um seminário, no final do ano, para a apresentação e discussão dos estudos.

O projeto específico integra o Programa de Incentivo à Produção do Conhecimento Técnico e Científico na Área da Cultura, cuja finalidade é formar, treinar e capacitar recursos humanos em programas, projetos e atividades de pesquisa, desenvolvimento institucional, tecnológico e de referência em preservação e tratamento técnico de acervos museológico, arquivístico, bibliográfico e arquitetônico da Fundação.

Inscrições

As inscrições deverão ser feitas por e-mail (inscricao.pipc@rb.gov.br) ou presencialmente na Fundação Casa de Rui Barbosa, localizada na Rua São Clemente, 134, em Botafogo, Rio de Janeiro. As inscrições foram abertas nesta quarta-feira (30) e deverão se encerrar à meia-noite do dia 25 de abril de 2016.

A documentação requerida para a efetivação da inscrição inclui um formulário de candidatura à bolsa, cópia de documentos pessoais, acadêmicos e profissionais pertinentes ao projeto; currículo atualizado e completo e uma carta do candidato justificando o seu interesse em ser bolsista no projeto, explicitando sua experiência e conhecimentos sobre o tema da bolsa e anexando produção própria em torno do tema – quando existente. Não poderão concorrer bolsistas de agências governamentais ou mesmo servidores do Ministério da Cultura.

Poderão se inscrever pesquisadores com currículos compatíveis com as exigências pré-estabelecidas, com disponibilidade mínima de 20 horas semanais para se dedicar à realização do projeto ao qual estarão vinculadas as bolsas. Pela própria intensidade dos trabalhos, haverá ainda necessidade de uma reunião presencial a cada semana junto à equipe de pesquisa na Casa de Rui Barbosa, no Rio de Janeiro.

Eventuais dúvidas poderão ser tiradas pelo email inscricao.pipc@rb.gov.br ou pelos seguintes telefones: (21) 3289-8608, (21) 3289-8609 e (21) 3289-8610.

Fonte: Ministério da Cultura