Fazendo Música, Jogando Bola – Manchester City pela primeira vez na semifinal da Liga. O Oasis não pode voltar, agora!

0
686

Manchester City pela primeira vez na semifinal da Liga. O Oasis não pode voltar, agora! – Por Fila Benário
1ManchesterCity
Fala galera querida, Fila Benário na área, dando mais chapéu que o Alex em cima do Rogério Ceni.

E o futebol, o nosso amado esporte bretão, tem nos presenteado com inúmeras surpresas. Quem imaginaria que ontem, após uma vitória heroica, o Palmeiras não avançaria para as oitavas de final da Libertadores? Em contrapartida, o seu rival Corinthians, que está com um elenco remendado e com o técnico Tite testando todas as formações possíveis, já se classificou para próxima fase do torneio sul-americano sem ao mesmo ter jogado ainda.

Mas essas surpresas não são apenas do nosso futebol brasileiro, não. Quem acompanhou essa semana a grandiosa Liga dos Campeões viu que lá o improvável aconteceu também.

Com certeza você já deve ter lido sobre os três gols (três gols sim, nada de Hat Trick, “fronhice do caramba”, já dizia Vitor Guedes do jornal Agora) do Cristiano Ronaldo que fez o Real Madrid atropelar o Wolfsburg e avançar para as semifinais. Como também já está careca de saber da queda do badalado trio MSN (é cada uma que me inventam) na derrota do Barcelona para o Atlético de Madrid.

Isso todo mundo noticiou e os gols foram reprisados a exaustão, mas o que o jornalismo esportivo esqueceu de noticiar foi o fato histórico do futebol europeu, a classificação inédita para as semifinais do inglês Manchester City. É meus amigos, com 136 anos de história, amargando alguns históricos rebaixamentos nos anos 90 para segunda e terceira divisão da liga inglesa, e conquistando um título nacional depois de 44 anos de jejum, os Citizens finalmente chegam a sua primeira semifinal da Liga dos Campeões da UEFA.

O caminho não foi fácil, aliás, ele foi tortuoso, na primeira partida das quartas de final, o Manchester City empatou com o Paris Saint-Germain na França, um resultado bom, afinal foram dois gols fora de casa, bastava o time segurar a vantagem em casa e não sofrer nenhum gol. E assim foi feito na partida de volta no City of Manchester, na última terça-feira, o belga Kevin De Bruyne marcou o único gol da vitória e colocou o Manchester City pela primeira vez em uma semifinal da Liga.
DeBruyne
Se você caro amigo, já leu as minhas linhas mal traçadas aqui nessa coluna (que comemora hoje 1 ano e 7 meses de existência) com certeza já deve ter se lembrado de dois irmãos marrentos que há muito tempo atrás estavam a frente de uma das maiores e mais cultuadas bandas dos últimos vinte anos, sim eles mesmos, os irmãos Liam e Noel Gallagher, do Oasis.
IrmaosGallagher
Em 2015 eu escrevi esse texto aqui Fazendo Música, Jogando Bola – Cinco anos sem Oasis e a paixão dos irmãos Gallagher pelo Manchester City relembrando alguns casos envolvendo os irmãos e o grande amor da vida de ambos, o Citizen. E foi no momento que a banda se separou, em 2009, que o City renasceu das cinzas e conquistou todos os seus títulos importantes, na ocasião, Noel Gallagher disse: “Quando o Oasis estava bem, o City estava uma merda, mas agora que nós nos separamos, o City está bem. Talvez venham bons momentos para o City, e isso vai tirar um pouco a dor da separação da banda”.

Tão bem o time está que conseguiu a sua primeira classificação para semifinal da Liga da UEFA e pode sonhar com o título mais cobiçado da Europa. Portanto, se a lógica do Noel Gallagher estiver correta, para felicidade dos torcedores do Citizen, é MUITO MELHOR que a banda continue separada, mas caso o Manchester City consiga passar pela pedreira que encontrará pela frente que é o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo, e avance para a tão cobiçada final, pegando o vencedor de Atlético de Madrid e Bayern de Munique, na Itália, se for campeão, o Oasis deveria se reunir e fazer um show no Manchester of City, igual eles fizeram em 2005, para receber o título inédito.

Oasis – Live Manchester 2005 HD Full Concert

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos. Aqui eu já estou na torcida pelo City.

Até mês que vem!

Fila Benário ou Vinícius Vieira de Oliveira (como é menos conhecido) é estudante de Jornalismo da FACCAMP e entre uns goles de Sprite, um Rock bem pesado, filmes do Quentin Tarantino e o seu amor incondicional pelo Coringão, mantém o blog musical Fila Benário Music desde 2009.

Os textos e charges publicados na categoria CONVIDADOS, apresentam e refletem a opinião dos mesmos, não necessariamente alinhando-se com a do Blog Futebol-Arte. Sua publicação tem o propósito de apresentar diferentes pontos de vista e estimular reflexões e debates.

#futebolemusica