Memória do Esporte Olímpico Brasileiro

1
638

Chegaremos aos Jogos Olímpicos de 2016 e deixaremos como legado um acervo por volta de 50 documentários!
Neste acervo você encontrará incríveis histórias sobre nossos atletas: Aída dos Santos, Maria Lenk, Claudio Kano, José Telles da Conceição, Servílio de Oliveira, Reinald Conrad, Ana Moser, Ana Flávia, Ida, Ana Paula,
Filó, Fernanda, Fofão, Hilma, Leila Gomes de Barros, Márcia Fu, Sandra, Virna, Adhemar Ferreira da Silva, Afrânio Costa, Dario Barbosa, Fernando Soledade, Guilherme Paraense e Sebastião Wolf, Anésio Argenton, Terezinha Guilhermina, Montanaro, Renan, Willian, Rogério Sampaio, Manoel dos Santos, Nelson Prudêncio , Rodrigo Pessoa, Bete do Peso, Adriana, Araújo, Magic Paula, Hortência, João do Pulo, Chiaki Ishii, Tetsuo Okamoto, Sylvio Padilha, Reinald Conrad, Wanda dos Santos e ainda as histórias das Olímpiadas de 1968 e 1980.

O BRASIL TEM HISTÓRIA NAS OLIMPÍADAS No total, o Brasil conquistou 108 medalhas na história dos Jogos Olímpicos, todas nas edições de verão. São 23 medalhas de ouro, 30 de prata e 55 de bronze em 21 Olimpíadas disputadas. Vôlei (quadra e praia), Judô e Vela são os esportes com mais conquistas. Entre as modalidades em que competimos e subimos ao pódio estão tiro esportivo, basquete, atletismo, natação, boxe, vela, judô, futebol, vôlei, vôlei de praia, hipismo e taekwondo. Ainda nos faltam medalhas em muitas outras, como canoagem, ciclismo, esgrima, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, levantamento de peso, luta, nado sincronizado, pentatlo moderno, polo aquático, remo, saltos ornamentais, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, trampolim acrobático e triatlo. Mas certamente nos sobram muitos relatos de atletas brasileiros que, ao longo do tempo, participaram dessas disputas. Ao construir um acervo digital inédito, o projeto Memória do Esporte Olímpico Brasileiro espera que o resgate da trajetória do esporte nacional possa inspirar as gerações futuras. Afinal, é apenas a partir de um olhar sobre nossa história e nossas origens que podemos compreender o presente e sonhar com as próximas conquistas.
MemoriaEsporteOlimpico
19 a 29/01, terças, quartas, quintas e sextas, às 17h.
Sesc Santos – Comedoria
Av. Ana Costa, 465 – Gonzaga – Santos – SP

Fonte: Sesc

1 COMENTÁRIO

  1. Venho por meio desta, alertá-los sobre a má índole de um advogado golpista (foto ao lado) que trabalha com assessoria jurídica e esportiva e marketing esportivo. Seu nome é Marcelo Cavichio Unti.

    Solicitei os serviços do Marcelo Cavichio Unti, porém, mais tarde descobri que todo o dinheiro que deveria ser utilizado para o pagamento de impostos foi desviado e embolsado por este suposto advogado Marcelo Cavichio Unti, que produziu comprovantes falsos e me gerou um prejuízo inestimável, fora o tempo perdido e a burocracia para regularizar tal situação. A questão pode se enquadrar em:
    – Estelionato
    – Apropriação Indébita
    – Furto Qualificado

    Em uma pesquisa minuciosa, descobri que esse suposto advogado está com diversos problemas perante à justiça, vejam:
    – Dezenas de Processos Junto a Comissão de Ética da OAB.
    – Sua OAB 151537/SP foi suspensa e ele está prestes a ser expulso do quadro de advogados do país.
    – Processos Criminais relativos a Apropriação Indébita, Furto Qualificado, entre outros, em diversas partes do Estado de São Paulo.
    – Processos Cíveis, pedindo indenização por perdas e danos morais e materiais não quantificados.

    Por favor, repassem ao máximo de colegas da área, veículos de comunicação e empresas que atuam no ramo jurídico e esportivo. Pois, enquanto ele não estiver atrás das grades, muitas pessoas e empresas serão lesadas por suas supostas prestações de serviço.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.