Festival DoLadoDeCá

0
712

Festival DoLadoDeCá promove a tradição do Futebol de Várzea na periferia de São Paulo

Evento reúne os 18 melhores times de várzea da capital, música, poesia e espera receber 10 mil pessoas em dois dias

As comunidades de Pirituba e Paraisópolis recebem nos dias 28 de novembro e 05 de dezembro, respectivamente, a segunda edição do Festival DoLadoDeCá, organizado pela Rede DoLadoDeCá, plataforma de comunicação integrada, formada por um grupo de profissionais que trabalha com talentos da periferia. A iniciativa é pioneira e reúne os pilares da cultura de periferia, mesclando o futebol de várzea, música e poesia.

O evento é gratuito e reúne 18 times, que representam várias regiões da capital paulista, para uma competição saudável. Durante os amistosos, a cultura periférica é valorizada, oferecendo visibilidade para as equipes e torcidas organizadas. Uma grande novidade para esta edição é o torneio de futebol de várzea feminino, com a partida do “9 de Julho” e “CDC Jd. Ibirapuera” na abertura do segundo dia do Festival, destacando a importância e crescimento da mulher na modalidade esportiva, antes, dominada somente por homens.
LadodeCa
Para os times participantes haverá entrega de troféus e placas de participação, já as torcidas, participarão de sorteios, concurso concorrendo a bandeirões e desafios durante o intervalo de cada jogo.

Cada dia do festival é encerrado com apresentações musicais de artistas da própria comunidade, com rodas de samba e outros estilos, promovendo assim uma grande interação entre os jogadores participantes e o público. Dentre as atrações já confirmadas, estão o Narra Várzea, um projeto pioneiro e inovador criado e formado por Kennyata, Dugueto Shabbaz, Eduardo Brechó, Akins Kinte, Alex Barcellos, Fino do Rap e DJ Tano, Fino Du Rap, todos, músicos, poetas e articuladores culturais da periferia, que farão os comentários em beiras de campo durante os jogos, mesclando poesia e música. Além disso, para celebrar o final de cada dia do jogo festa, o Festival contará com shows de samba de Cris Sotto cantor e compositor com 28 anos no samba paulista, e do sambista Nego Branco, revelação do samba e pagode paulista, que é cogitado pra ser um dos novos vocalistas do grupo Exalta Samba para 2016.

Para Carlos Canu, diretor da Rede DoLaDodeCá, a tradição do futebol de várzea está ligada diretamente às opções de cultura e lazer na periferia. “Queremos contribuir para manter viva e em constante crescimento essa tradição. Para o Festival DLDC, selecionamos os times tradicionais da história da Várzea Paulista para se enfrentarem em jogos que são considerados clássicos desse cenário”, destaca.

Com a perspectiva de atrair cerca de 5 mil pessoas a cada dia de evento, o Festival viabiliza o lazer e geração de renda fortalecendo os negócios dos empreendedores locais e beneficiando diretamente a comunidade, pois os visitantes consomem nos comércios locais, que estão em volta dos campos, fortalecendo a economia da região e o progresso compartilhado.

Fonte: Texto & Imagem Assessoria de Comunicação