Fazendo Música, Jogando Bola – Os professores da música e os seus times do coração

1
932

Os professores da música e os seus times do coração – Por Fila Benário
BrianMay
Fala galera, Fila Benário na área dando chapéu até no Neymala.

Antes de tudo, hoje é um dia muito especial, a nossa querida coluna “Fazendo Música, Jogando Bola” comemora um ano de existência aqui no Futebol-Arte (Aheeeeeeeeeeeeee).

No exato de 15 de Outubro de 2014, o Ricardo Roca, gerente da parada toda aqui, e que era o meu professor na disciplina de “História Social da Mídia” no curso de Jornalismo, me cedeu um espacinho mensal para que eu pudesse falar das minhas duas maiores paixões: Música e Futebol.

Desde então foram ao ar 12 textos, sempre fazendo a ligação da arte musical com o esporte bretão. Tinha meses que faltava assunto, o medo fazia tremer as canelas, mas como um estalo a ideia surgia e logo menos estava pronto o texto.

Portanto agradeço ao Ricardo Roca pela oportunidade e parceria. Afinal de contas o Futebol-Arte é um blog de grande visibilidade e com muitos leitores, e ter um texto por mês publicado aqui é uma honra tremenda.

Valeu por embarcar nas minhas viagens malucas, por me apoiar e jamais ter me censurado.

E agradeço a você também, caro leitor, que sempre dedicou um minutinho precioso da sua vida para ler essas linhas mal traçadas. Muito obrigado.

Agora chega de “fronhice”, como diria Vitor Guedes, e vamos para o que interessa.

Hoje além de comemorarmos um ano de coluna, o Brasil inteiro celebra o Dia dos Professores, dia que deveria ser até um feriado nacional dada à importância desses profissionais em nossas vidas. Afinal de contas, para sermos o que somos hoje, passamos pelas mãos de um educador.

E unindo essa data tão especial com os temas: música e futebol, listarei abaixo alguns músicos que já encararam o ofício de professor antes da fama, e a paixão deles por um time de futebol em específico.

A listinha é curta, pois optei apenas por professores de línguas ou de ambiente escolar. Professores de especialidades ligadas à música como Dança, Instrumentos e outras obviedades, eu deixei de fora.

Então borá lá.

Renato Russo (Professor de Inglês) – Fluminense
RenatoRusso
Nascido e criado em Brasília, Renato, que era filho de bancário, já tinha fluência no inglês e chegou a lecionar o idioma na sua adolescência.

Até que o mesmo descobriu o Punk Rock no final da década de 70, e ao lado dos amigos Flávio Lemos (Baixo), Fê Lemos (Bateria) fundaram o Aborto Elétrico. Renato abandonou as aulas de inglês para viver de música. Mas se com o Aborto não vingou, foi com a Legião Urbana que Renato Russo conquistou todo o prestigio que sempre sonhou.

E foi da mudança da banda de Brasília para o Rio de Janeiro que Renato adotou o Fluminense como time do coração, apesar de não ser tão fanático pelo clube como o seu companheiro de banda, Dado Villa-Lobos.

Importante ressaltar que em Brasília existe um time profissional que homenageia a banda de Renato e Cia, o Legião Futebol Clube (Legião F.C).
LegiaoFC
O Legião F.C. foi fundado no ano de 2001 e se tornou profissional no ano de 2006, justamente no ano que conquistou o título da Série C do Campeonato Brasiliense. Hoje o time se encontra na segunda divisão.

Outra coisa bacana envolvendo o time de Brasília é que quando a Legião F.C. joga contra o Capital C.F (Capital Clube de Futebol) o jogo é chamado de “Clássico do Rock”. No entanto o nome do Capital não é uma homenagem ao grupo Capital Inicial, também de Brasília, mas sim pelo fato do time ser da capital brasiliense.
LegiaoXCapital

Toni Garrido (Professor de Educação Física) – Flamengo
ToniGarrido
Apesar de já ter vestido o manto alvinegro e já ter feito uma das versões mais bacanas e dançantes do Hino do Corinthians. O Carioca Toni Garrido, eterno vocalista do Cidade Negra, é Flamenguista.

E antes de enlouquecer as mulheres à frente dos vocais do mais famoso grupo de reggae do Brasil, Toni foi professor de Educação Física.

Sting (Professor de Inglês) – Newcastle
Sting
Antes de liderar uma das bandas mais importantes dos anos 80, o The Police, Sting foi professor de inglês para alunos do primário, conhecido aqui no Brasil como ensino fundamental.

Depois de aventurar nas salas de aula, Sting foi se aventurar no campo se tornando técnico do time de futebol da mesma escola. E muito da sua paixão pelo esporte vem do seu amor incondicional pelo time do coração, o inglês Newcastle.
StingNewcastle

Brian May (Ciências Físicas e Matématica) – Purley Jubilee F.C.
FotoBrianMay
Um dos caras mais inteligentes do mundo do Rock, Brian May é um gênio duplo. Tanto na música, sendo ele um dos guitarristas mais completos e técnicos do Rock, e ter integrado uma das bandas mais relevantes do gênero, o Queen. Como na vida acadêmica, sendo o mesmo Doutor em Astronomia.

Na época da faculdade, Brian, chegou a lecionar biologia para alunos do primário também.

Quando o assunto é futebol, Brian não é lá muito fã do esporte, ao contrário da maioria dos britânicos que idolatram o esporte. Aliás, me cobrem uma coluna a respeito disso!

Porém é May quem financia o time infantil Purley Jubilee F.C. que existe desde 1977 e tem como premissa treinar e formar novas promessas do futebol.

Pega esse uniforme chupinhado do Barcelona de Messi ai.
PurleyJubilee
Parabéns mestres da educação. Nos vemos no mês que vem =)

Fila Benário ou Vinícius Vieira de Oliveira (como é menos conhecido) é estudante de Jornalismo da FAPSP e entre uns goles de Sprite, um Rock bem pesado e o seu amor incondicional pelo Coringão, mantém o blog musical Fila Benário Music.

Os textos e charges publicados na categoria CONVIDADOS, apresentam e refletem a opinião dos mesmos, não necessariamente alinhando-se com a do Blog Futebol-Arte. Sua publicação tem o propósito de apresentar diferentes pontos de vista e estimular reflexões e debates.

#futebolemusica

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.