Copa do Brasil: Palmeiras “na camisa” x Santos “voando”

2
1081

Na segunda noite de semifinais da Copa do Brasil 2015 deu o esperado, ainda que no Allianz, apesar do ligeiro favoritismo verde, houvesse dúvidas sobre quem se classificaria.

Na vila mais famosa do mundo o Peixe massacrou o Tricolor como tem feito nos últimos anos, outro 3 x 1 para não deixar ninguém com dúvida sobre quem é o favorito ao título. O Santos vem voando baixo desde que Dorival Jr. retornou ao clube e “encaixou”; tivesse retornado antes e é provável que o time estivesse na perseguição ao Corinthians pelo taça do Brasileirão também. O desempenho do time vem agradando técnica e taticamente, com Ricardo Oliveira, Lucas Lima, Marquinhos Gabriel e Gabigol comandando a festa. Ainda que gere um “prejuízo” financeiro ao clube, é provável que a partida ocm mando do Santos seja disputada na Vila Belmiro, onde o retrospecto recente do time é impecável, com 14 vitórias em 14 jogos.
PalmeirasSantos
Na outra semifinal, bem mais equilibrada, não é que o Palmeiras tenha vencido apenas na raça, mas foi essa característica que sobressaiu. Se na semana passada o Verdão não jogou quase nada no Maracanã, nesta quarta-feira o time fez um ótimo primeiro tempo, abriu dois gols de vantagem com menos de 20 minutos e… se encolheu. Como havia acontecido com o Flu na partida anterior, o Palmeiras tomou o castigo em um gol de um Fred sumido até então, limitado por conta de contusão. 2 x 1 devolvidos, a disputa foi para os pênaltis e assim como aconteceu no Campeonato Paulista, Fernando Prass brilhou na disputa de pênaltis e levou o Palmeiras à final contra o Peixe.

Clássico é clássico e vice-versa, já diz a sabedoria popular; qualquer resultado pode ser considerado normal numa final em dois jogos entre essas equipes, mas o favorito hoje é, sem dúvida, o Santos. Que vença o melhor!

Imagem obtida em www.chargesdaraposa.blogspot.com.br

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.