Palmeiras 2 x 0 Figueirense: vitória fácil, futebol ralo

0
553

Na noite fria de São Paulo quase 23 mil torcedores foram ao Allianz e viram o Palmeiras voltar a vencer depois de três jogos.

Travado! Poderia ser essa a palavra a definir o futebol do time verde da capital paulista. Com a exceção de alguns bons jogos, especialmente os clássicos contra São Paulo e Corinthians, o Verdão tem deixado a desejar, oscilando mais que o desejável. Com um elenco recheado de bons jogadores e o técnico atual bicampeão do certame, falta padrão tático, saída de jogo (a famosa transição da defesa para o ataque) e o melhor aproveitamento de alguns atletas. É surpreendente a queda de rendimento de alguns dos jogadores da equipe.
PalmeirasFigueira
A vitória dessa noite foi relativamente tranquila, já que Fernando Prass quase não trabalhou, mas o resultado pode ser enganoso. O Verdão só marcou no segundo tempo: logo no primeiro minuto, com o zagueiro Jackson completando para o gol um desvio de cabeça de Rafael Marques após cobrança de escanteio e no finalzinho, aos 42, com Zé Roberto cobrando pênalti. Fora isso muita disputa, poucas chances criadas e muitos chutões da defesa para o ataque, a maioria sem bons resultados.

O otimista vai dizer que o que vale são os três pontos, que o time tem o melhor ataque da competição, está colado no G4, que ainda é um time em formação e que jogou com muitos desfalques (Arouca, Gabriel, Cleiton Xavier e Dudu). O difícil é encontrar esses palmeirenses otimistas.