Zito, o “Gerente”, foi para o céu

0
576

Tenho uma grande dificuldade para dizer algo para os amigos e parentes quando alguém querido morre. Até porque, uma voz se calou e, talvez, seja o silêncio o que melhor representa o momento.

Para os mais jovens, que não o conheceram, vale a pena mencionar seus títulos: nove Campeonatos Paulistas, quatro Taças Brasil, duas Libertadores da América e dois Mundiais Interclubes, quatro Torneios Rio-São Paulo, todos pelo Santos e duas Copas do Mundo, pela seleção brasileira. Vale lembrar que foi um dos “descobridores” de Robinho, Neymar e outros craques, mas vale citar principalmente, aquela que é sua principal conquista, a admiração e o respeito de todos que o conheceram de perto.
ZitoHomenagem