Verdão fica no “sexo tântrico” com os Colorados e só empata

0
576

A bola vem pingando a meia altura na entrada da área, não há adversário próximo, o corpo instintivamente se alinha em direção ao gol, a torcida se prepara para o petardo e… vem um toque para um “companheiro melhor colocado” que acaba sendo abafado pela zaga. Esse foi o retrato do jogo entre Palmeiras x Internacional na noite de quinta-feira, no Allianz Arena.

Com mais de 60% de posse de bola e predomínio das ações, o Palmeiras saiu na frente, rondou a área gaúcha boa parte do tempo, mas acabou cedendo o empate e segue sem vencer em casa. O bom elenco montado dá opções e o time apresenta bom toque de bola e volume de jogo, mas peca na parte final das jogadas e nas conclusões. Alecsandro, do Flamengo deve chegar, é bom jogador, tem qualidades, sabe fazer gols, mas ainda não parece ser a solução definitiva para os problemas do ataque verde.
PALMEIRAS X INTERNACIONAL - RS
O Inter não fez feio, mas contou com a sorte para empatar; uma bola rebatida por Fernando Prass encontrou a cabeça de Rafael Moura e foi para o gol. Se o Valdívia do Palmeiras não jogou, o dos Colorados ficou abaixo do esperado.

Bom jogo em São Paulo!