Mesmo com derrota, seleção faz festa com loiras no Chile – http://cnnct.com.br/01MB

1
706

Pelo jeito ninguém ficou muito aborrecido na seleção brasileira com a derrota para a Colômbia, na última quarta-feira. Ou então, resolveram afogar as mágoas com uma baladinha em terras chilenas.

Veja como foi: http://cnnct.com.br/01MB.
BaladaChile

1 COMENTÁRIO

  1. Não se pode deixar de desconfiar das atitudes de Neymar. No primeiro jogo ele já estava provocando a expulsão. E talvez uma suspensão maior. No caso do juiz – não foi expulsou nesse momento, por ser o juiz fã dele – que ele agrediu com um puxão, deu na cara que não queria jogar a Copa América.

    Demorou para que os integrantes da copa entendesse isso. Mesmo o juiz queria acreditar que Neymar era uma pessoa civilizada e já havia amadurecido. Era o astro da Copa para todo mundo.

    Mas Neymar agora quer outro padrão, o europeu, para ele aparecer. Criticou, não digo que ele esteja errado, a organização dos campeonatos sul-americanos. Esqueceu-se ele das suas raizes? Ele sabe que aqui não é a Europa. Quis mesmo a suspensão para tirar folga e curtir o título do Barcelona. Foi instruído para isso.

    Uma coisa que na América Latina não seja o mesmo padrão de organização do Europeu, porém começa do caráter da pessoa. A educação é a chave para ter um nível de boa organização para eventos esportivos. Todos queriam tirar fotos com Neymar, mas ele fazia questão de agir com desprezo pelo sul-americano. Neymar em vez de ser o exemplo que todos esperavam, mesmo na derrota, foi canalha ao provocar sua saída da Copa América. Isso ninguém quer ao menos pôr em discussão. Falem sobre isso. Ao menos ponham em discussão. Neymar premeditou sua saída. E tem gente que sabe.

    Pobre de quem esperava uma pessoa que fosse ser o exemplo da copa. E todos que estavam envolvidos na realização esperavam isso dele. Queriam uma selfie com ele, mesmo os adversários, juízes e organizadores.

    Neymar criou a situação sim. Lembram-se das suas críticas a organização sul-americana, mais parecia preconceito. Ele devia saber melhor que ninguém que aqui a realidade é outra. E garoto que ele desfez, se não fosse o técnico Dunga para corrigir sua má educação, frustrou muita gente. Que patrocinador quer um vilão como ele agora? Melhor o que mordia as pessoas.

    Para chegar a uma Liga dos Campeões é necessário que os protagonistas tenham um bom caráter.

    p.s. a mão na bola foi intencional.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.