Fazendo Música, Jogando Bola – Campeões Estaduais Musicais

1
802

Campeões Estaduais Musicais – Por Fila Benário
Chorao_Santos
Fala galera, Fila Benário na área, dando caneta até no Lionel Messi.

E no último final de semana foi dada a largada do Campeonato Brasileiro, a competição mais importante em solo nacional, que reúne os times da elite brasileira, que durante sete meses irão duelar até que seja consagrado o campeão.

Porém não podemos esquecer, é claro, dos Campeonatos Estaduais. Que desde o início do ano veio cheio de emoção e garra, fazendo suar de nervoso o mais fanático torcedor.

Portanto, o “Fazendo Música, Jogando Bola” de hoje vem homenagear os campeões estaduais de 2015, selecionamos aqui versões de hinos com alguns grandes nomes da música popular brasileira, ou até mesmo canções inéditas compostas em amor ao clube.

Como diria o grande rapper Emicida: “Vem cum nois”.

Campeonato Paulista – Santos
E no Campeonato Paulista deu a lógica, deu Santos. Não desmerecendo a torcida e o time Palmeirense, de forma alguma, que teve uma campanha heroica e fantástica durante todo o estadual. Porém, o Santos no Campeonato Paulista está imbatível, esse foi o quarto título das sete finais consecutivas do time praiano no estadual.

Portanto, saudaremos o SFC com uma versão antológica do hino tocada pela Banda da Torcida do programa Altas Horas. Um verdadeiro time de feras formado por Pelado (ex-Charlie Brown Jr.) na bateria, Hélião (RZO), Zeca Baleiro, Tony Tornado e Cebola (Inimigos da HP) nos vocais, André Cristovam nas guitarras, além dos saudosos e queridos Champignon (ex-Charlie Brown Jr.) e Jair Rodrigues.

Campeonato Carioca – Vasco
No Rio de Janeiro, o Vasco conseguiu afastar de vez a urucubaca de Vice-Campeão, e conquistou a taça em cima do grande rival Botafogo, em um jogo emocionante e que levantou e orgulhou a torcida vascaína.

Vasco é o time do coração do grande mestre do samba Paulinho da Viola, e nada melhor para a torcida cruzmaltina que comemorar o título de campeão carioca com essa belíssima versão onde o lorde do samba se encontra com a galera do Los Hermanos. Sensacional!!!

Campeonato Gaúcho – Internacional
E na final Gre-Nal do Gauchão deu o Nal, ou seja, deu o Internacional, o maior campeão do Campeonato Gaúcho, com 44 títulos ao todo, conquistando o seu pentacampeonato consecutivo.

Para a torcida colorada, fica aqui uma versão muito inusitada do hino do Inter tocado por dois grandes expoentes do chamado Rock Gaúcho, a galera do Nenhum de Nós e do Acústicos & Valvulados, que tocou o hino em ÁRABE(!!!) Confira.

Campeonato Mineiro – Atlético Mineiro
A maior tristeza que eu irei sentir pelo resto da vida foi não ter assistido in loco a final do Campeonato Mineiro. Eu estava na cidade de Varginha, visitando parentes, no fim de semana em que Caldense e Atlético Mineiro se enfrentaram na final do estadual. Fui pra frente do estádio, vi a chegada do time do Caldense, vi toda a agitação das torcidas, mas não consegui os ingressos.
Time e Torcida do Caldense
Chegada da Torcida e do Time do Caldense

E em um jogo emocionante e heroico o Atlético Mineiro se sagrou campeão pela 43ª vez, sendo o maior vencedor do campeonato.

Eu poderia escolher a versão do hino feita pela galera do Tianastácia junto com o Rogério Flausino (Jota Quest), ou até mesmo uma versão acústica feita pelo próprio Rogério com o seu irmão Wilson Sideral. Mas como eu sou do Rock n’ Roll Underground, eu optei por essa canção sensacional e inédita, chamada 3 Pontos, composta e tocada pelo pessoal do Reffer, uma das bandas mais sensacionais de Hardcore surgidas no final dos anos 90 em Belo Horizonte. A canção integrou a coletânea da torcida organizada Galo Metal, lançada em 2002, onde várias bandas de Rock compuseram músicas inéditas declarando o seu amor pelo Galo mineiro.

Por definição dos detentores dos direitos autorais, o vídeo não pode ser incorporado, mas pode ser visto em https://www.youtube.com/watch?v=aqFNfBZZEK8.

Campeonato Baiano – Bahia
E na Bahia deu o Bahêa (como dizem os próprios torcedores). O maior campeão do estadual, com 46 títulos ao todo, massacrou o adversário, o Vitória da Conquista, perdendo o primeiro jogo por 3 x 0, mas vencendo o segundo por inacreditáveis 6 x 0.

E para comemorar essa festa baiana, nada melhor do que o hino do time na voz da sensacional, maravilhosa, linda, vitaminada, cheirosa, loiraça e gos… ops, torcedora do Bahia, Claudia Leitte.
Claudia Leitte
Ahhhhh Claudinha, dá um beijinho aqui também, dá?

Campeonato Paranaense – Operário Ferroviário
E no Paranaense tivemos novidade, o grande campeão de 2015 foi o sensacional Operário Ferroviário, que pela primeira vez em sua história conquista o título estadual, e foi em cima do todo poderoso Coritiba, vencendo os dois jogos das finais, 2 x 0 o primeiro jogo e 3 x 0 na grande final.

Parabéns Operário Ferroviário, quem espera sempre alcança, agora comemore como se não houvesse amanhã. Como o hino do time é novo, foi composto no ano de 2012 em meio as comemorações do centenário do clube, então não há versões em outros estilos do mesmo; assim, ficaremos com o hino tradicional do clube, que tem uma letra maravilhosa.

Campeonato Catarinense – Joinville
Em Santa Catarina deu Joinville na cabeça, após dois empates sem gols com o Figueirense, o time deveria levantar a taça e gritar é Campeão, mas o título não pode ser homologado e foi levado a julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva.

Enquanto os trâmites judiciais não saem, bora comemorar com uma versão Rock n’ Roll do hino do Joinville.

Campeonato Pernambucano – Santa Cruz
Em Pernambuco não deu Sport, o grande campeão do estadual com 40 títulos, mas sim o Santa Cruz, que aliás emendou uma sequência fantástica de títulos de 2006 a 2010, e retornando esse ano, ganhando em cima do Salgueiro por 1 x 0 em casa.

Bora sacudir o corpo nessa versão remixada do hino do Santa.

Campeonato Cearense – Fortaleza
No primeiro jogo da final, o Fortaleza ganhou em casa do Ceará por 2 x 1, no último jogo, foi um sofrido empate por 2 x 2 que deu a vitória para o time cearense e somando o seu 40º título estadual.

Parabéns Fortaleza, vamos comemorar ao som do grandioso mestre da MPB, Fagner, com uma versão encantadora do hino do time.

Campeonato Goiano – Goiás
E o Goiás, o maior vencedor do Campeonato Goiano, com 25 títulos ao todo, foi o grande vencedor da edição de 2015 em cima do Aparecidense, de Aparecida de Goiânia.

Existe uma versão do hino muito conhecida interpretada pelo cantor sertanejo Zezé di Camargo, porém não optei por ela por um motivo óbvio, na letra do hino tem o seguinte trecho: “Eu sou Goiás até morrer, eu sou Goiás de coração”, e todos nós sabemos que hoje Zezé torce para o São Paulo Futebol Clube.

Então vamos ficar com a versão Rock n’ Roll mais do que sensacional da banda Atma para o hino do Goiás.

Parabéns Campeões Estaduais!

Dia 15 “tamo” de volta!!!

Fila Benário ou Vinícius Vieira de Oliveira (como é menos conhecido) é estudante de Jornalismo da FAPSP e entre uns goles de Sprite, um Rock bem pesado e o seu amor incondicional pelo Coringão, mantém o blog musical Fila Benário Music.

Os textos e charges publicados na categoria CONVIDADOS, apresentam e refletem a opinião dos mesmos, não necessariamente alinhando-se com a do Blog Futebol-Arte. Sua publicação tem o propósito de apresentar diferentes pontos de vista e estimular reflexões e debates.

#futebolemusica

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.