O Vestido Azul e Preto, o Futebol e o Brasil

2
828

Desde ontem uma discussão prosaica tomou conta das redes sociais e aplicativos de bate-papo; cresceu, ganhou corpo, tomou as ruas e programas vespertinos de TV: qual é a cor desse vestido?
VestidoCor
Como alguns enxergam branco e dourado e outros azul e preto, formou-se a polêmica. Acredito que possamos tirar algumas lições do caso. A explicação científica diz porque isso acontece e mostra que é possível que alguns o vejam de uma forma e outros de maneira diferente. Variações de luminosidade e características pessoais na constituição do globo ocular de cada um explicariam a diferença.

A violência das torcidas organizadas é o primeiro e mais óbvio vínculo dessa história com o futebol. Agressões mútuas por incapacidade de aceitar as cores do outro; falta de respeito e violência contra quem enxerga/acredita em realidades e valores diferentes.

MidiaManipuladaExpandindo a análise fica claro também que não se deve acreditar em tudo que se “vê” na mídia. Ela tem maneiras e interesses para apresentar a “realidade” pelo ângulo que mais lhe interessa.

A intolerância, no entanto, não está apenas nas torcidas organizadas. Muita gente xinga de burro ou idiota quem votou em um candidato diferente do seu; outros explodem bombas em jornais que fazem caricaturas satíricas de ícones religiosos, e outros ainda querem definir o que deve ou não ser considerado uma família.

A lista é extensa e tem total relação com a incapacidade de aceitar que o outro pode ver algo diferente.
FavelaMansao
Muita gente olha a foto acima e “vê” que os moradores da favela são vagabundos, que não se esforçam o suficiente e, por isso, não merecem uma vida melhor. Outros “vêem” que o pessoal da direita (na foto) é privilegiado, que tem mais do que precisa e poderia ajudar a mudar essa realidade.

Talvez as duas turmas estejam limitando o olhar. Há bem mais que 50 tons de cinza para enxergar nessa realidade.

Agora, a despeito da necessidade de maior tolerância para com quem enxerga diferente, o vestido é efetivamente azul e preto e a última foto mostra uma brutal e injusta desigualdade social que precisa ser corrigida.

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.