Celebrando Garrincha, o santo inventor da ginga

0
549

Frente a frente
4 colunas
de dois templos em ebulição:
raios arqueados
oscilam
ossos
músculos
nervos
pernas em balanço:

arquitetura móvel
para o pêndulo da sur-
presa.
Não se sabe ao certo
– dono de um mundo em rotação
verde
rolado no plano pleno de desejos –
a direção
daquele equilibrando a esfera
a fera
perseguida
Se para a direita
ou
para a esquerda
se para trás
ou pelo vão
que se arre-
ganha

à frente
(abóbada de igreja livre
para a passagem do andor
com seu santo rotundo)
No frêmito feroz
olhos vivos e
lentes onduladas
se congelam no cristal
da ânsia espectável
Súbito
pára
e
dispara
navegante da luz
em direção ao corpo
só-
lido
num fio evanescente
de malabarismo alumbrado
o espectro do clown
Parte
com ela
a esfera
a fera

aos olhos de espanto
de feras de outra esfera:
Vai
Não Vai
Foi

Anibal Beça