Adeus, Dona Copa: a carta de despedida

0
726

keep-calm-and-teve-copa
Querida Dona Copa,

Nossa despedida tinha dia e hora para acontecer e nós sabíamos disso, porém a festa estava tão bonita e gostosa (tirando os últimos dias os quais nós, brasileiros, preferimos esquecer) que ignoramos os sinais da sua partida. Agora, o adeus é inevitável.

Por mais de um mês, você foi assunto de conversas de elevador, filas de banco, casamentos, velórios, churrascos, almoços, noites de truco, festas do pijama, dominó da pracinha, protestos e qualquer outro tipo de interação social que nós participamos rotineiramente. Você foi tão elogiada aqui que já ganhou o epíteto de “a melhor de todos os tempos”. Deve estar se envaidecida com isto, não?

Sua presença encheu nossas ruas de cores e sotaques diferentes, atraiu os olhares do mundo para nós e nos permitiu ver e produzir todo tipo de histórias que ficarão por muitos e muitos anos em nossas lembranças. Ganhamos novos amigos e novas simpatias dos gringos, que tenho certeza espalharão pelo mundo nossa alegria e receptividade.

De alguma forma, você também expôs nossa síndrome de vira-lata e demonstrou que sim, temos muitos defeitos, muitos mesmo, mas, apesar deles, conseguimos fazer de você, dona Copa, algo grande, alegre, bonito e de braços abertos mesmo com aqueles gringos que juravam que iam encontrar um bando de índios andando de barco pela floresta.

Bem, nem todos nós gostaríamos que você partisse, dona Copa. O clima de integração com outras culturas, de festa e futebol nos caiu muito bem e os gringos concordam com a gente. Se você quisesse ficar, ao invés de começar uma jornada longa até a fria Rússia, seria muito bem vinda. Faríamos um puxadinho para você e para os gringos e colocaríamos mais água no feijão. Nem precisa valer ponto ou taça. A gente chama de volta os parça da Alemanha, da França, da Colômbia e dos outros países para jogar e vamos assistir um bom futebol novamente, que é o que a gente gosta mesmo. Depois do jogo, fazemos churrasco e tá tudo certo.

Porém, você precisa realmente ir, não é? Droga! Pelo menos, você deixará a memória de dias incríveis (e dos melhores memes dos últimos anos) e de histórias humanas. Vê se não demora a voltar, ok? A gente vai sentir sua falta. Na próxima, esperamos estar ainda mais planejados e melhores em vários aspectos (incluindo como prioridades educação, saúde e transporte) para que a sua próxima visita seja ainda melhor.

Dos seus bons amigos,

Os brasileiros

PS: Teve Copa e uma inesquecível.

#copa2014 #cenrtraldofutebol
Tarja_Jessica