Pontapé (re)Inicial

1
1129

A Copa do Mundo 2014 pode representar muito mais do que jogos bonitos e disputados. Para muita gente, pode significar a esperança de voltar a andar.

O cientista Miguel Nicolelis lidera, há alguns anos, um estudo sobre a utilização de membros robóticos e o poder da mente para o controle dos movimentos. Em outras palavras, a possibilidade de paraplégicos e tetraplégicos voltarem a movimentar braços e pernas. Os testes já realizados com dois macacos rhesus apresentaram resultados bastante positivos.
Macaco_Experimento
O projeto Andar de Novo, quer aproveitar a visibilidade que a Copa do Mundo vai oferecer e colocar um brasileiro paraplégico para dar o pontapé inicial da partida de abertura do evento, Brasil x Croácia.

O cientista palmeirense, um dos 20 mais importantes do mundo segundo a revista Scientific American, candidato natural e um prêmio Nobel no futuro, também tem sua vocação para a polêmica. Ano passado, surgiram discussões em torno das pesquisas e de um racha entre Nicolelis e parte da equipe de pesquisadores.

Fica a torcida para que a discussão seja apenas algo “no calor da disputa”, tenha o objetivo de gerar “o melhor para a equipe” e que o resultado no final desse desafio seja a vitória de quem tanto precisa dela.

Confira o vídeo!

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.