Copa Sem Povo, Tô na Rua de Novo!

0
503

Remoções forçadas de milhares de pessoas, perseguição ao trabalhador(a) ambulante, violência contra o povo da rua, oito trabalhadores mortos nas obras, exploração sexual contra mulheres, crianças e adolescentes, elitização do futebol e todo o aparato de segurança e as leis de exceção que criminalizam nosso direito de lutar!

Responsabilizamos por isso: As corporações patrocinadoras e construtoras; as máfias FIFA e CBF, os governos municipal, estadual e federal, os parlamentares e o poder judiciário!

Exigimos: nosso direito à cidade e nossa liberdade de manifestação!
CopaSemPovo
Fonte: Comitê Popular da Copa 2014 em SP