Ronaldo não sai da mídia

0
724

RonaldoSelecao
São poucos os jogadores profissionais de futebol que conseguem fazer uma transição de carreira com tanta competência quanto o Fenômeno Ronaldo Nazário de Lima. Independente do pouco estudo formal que obteve na infância, soube se cercar de bons profissionais, se aplicou e conseguiu alcançar um grau de sucesso empresarial quase tão bom quanto o que tinha nos gramados.

Mesmo consagrado como um dos melhores jogadores de todos os tempos, era impossível prever que fosse conseguir tal proeza. Desde cedo vivendo na Europa, soube aproveitar e adquirir tudo de melhor que a vida em cidades como Madrid, Barcelona ou Milão pode lhe oferecer. Mas a sagacidade que demonstrou nos negócios é algo que não se adquire, nasce-se com ela.
RonaldoFuleco
Ligado a empresa de material esportivo Nike e a de bebidas Ambev desde sua adolescência, sempre associou sua imagem a causas sociais e projetos beneficentes, mesmo que, como todo ser humano, sobrem alguns questionamentos, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Como atleta sua atuação foi quase irretocável, com duas Copas do Mundo e três Bolas de Ouro (associadas ao título de melhor do mundo em 1996, 1997 e 2002), além de diversos títulos nacionais na Europa e no Brasil. Suas dramáticas recuperações após gravíssimas contusões, quando foi precipitadamente taxado de inutilizável para o esporte em alto nível, emocionaram a todos. Calou a boca de seus detratores e venceu novamente, como protagonista.

Vida após a morte

O ex-jogador e comentarista Paulo Roberto Falcão afirmou, certa vez, que um jogador de futebol morre duas vezes. Uma seria a morte natural e a outra, quando para de jogar. Ronaldo ressuscitou depois de sua passagem pelo Corinthians, onde não decepcionou e jogou num nível ainda alto, apesar de estar acima do peso, surpreendendo novamente.
TENNIS-BRAZIL-ATP
Preparou meticulosamente sua despedida com a criação da empresa 9ine, onde gerencia a imagem de atletas de diversas modalidades e agrega valores milionários aos contratos de seus clientes – Anderson Silva, André Akkari, Neymar e Rubens Barrichello são alguns deles – e acima de tudo, criou um novo modelo de gestão em um negócio já extremamente rentável.

É um dos responsáveis pelo comitê de organização da Copa do Mundo 2014 – talvez a missão mais espinhosa de sua carreira, onde já cometeu alguns deslizes e foi alvo de críticas por posturas equivocadas durante os protestos que sufocaram o país, na Copa das Confederações – onde representa o país, principalmente junto a imprensa estrangeira.
RonaldoPoker
Continuando no ramo esportivo, Ronaldo é uma das estrelas do site PokerStars, participa não apenas das campanhas publicitárias da marca quanto como atleta do esporte mental. Destaca-se em campeonatos e disputa alguns eventos de caridade pelo mundo ao lado de Rafael Nadal (também representante da modalidade) e outras celebridades de diferentes áreas.

Ronaldo soube se reinventar, mostrou que ainda é uma personalidade que possui contribuições públicas a serem dadas. Não é perfeito – ninguém o é – mas se destaca muito numa carreira em que muitos atletas brilhantes acabaram no ostracismo (ou na miséria) por não saberem como gerir suas imagens e seus potenciais.