Grupo da Morte ou da Vida?

0
529

Finalmente chegamos ao momento em que vamos conhecer os confrontos iniciais da Copa do Mundo 2014. Como sempre, há o temor pela formação de um “grupo da morte”, quando várias equipes fortes são sorteadas para que se enfrentem já na primeira fase.

GrupoMorteEssa possibilidade é real e o Brasil pode cair logo de cara, apenas como exemplo, em um grupo com Itália ou Holanda, Camarões ou Gana e México, que nos últimos anos tem incomodado um bocado. Como passam apenas dois times para as oitavas-de-final, teríamos emoção desde o começo.

Por outro lado, com o formato atual da Copa do Mundo, com 32 equipes, há também uma boa chance de enfrentarmos um grupo, ao menos na teoria, bem fraquinho. Dá pra sonhar com uma chave com Brasil, Costa do Marfim, Honduras ou Costa Rica e Grécia. É tudo que Felipão gostaria para entrosar e dar ritmo de competição ao time.

Já vencemos cinco Copas enfrentando todos os tipos de adversário, da primeira fase até a final e ainda que sempre se possa dizer que quem quer ser campeão não tem que escolher adversário, não custa nada secar os rivais e torcer para um caminho mais suave. Que as pedreiras fiquem para os argentinos, alemães, italianos, espanhóis…

Amanhã o imponderável começa a participar do jogo e distribuir as seleções pelo Brasil. Sorte a todos, muita sorte para o Brasil e que vença o melhor!