Liberem o Acarajé

1
797

Baiana_Tabuleiro
Você deve lembrar da minha campanha pedindo para a Fifa liberar a venda de acarajés por baianas na Copa do Mundo. Pois aconteceu um novo absurdo: nós conseguimos a liberação para a Copa, mas não nos jogos normais da Arena Fonte Nova.

A Odebrecht e a OAS Engenharia, que controlam a Fonte Nova Participações, proibiram que as baianas trabalhem nos dias normais. Por isso criei de novo um abaixo-assinado, agora endereçado a estas que estão entre as pessoas mais ricas da Bahia.

As baianas de acarajé são patrimônio imaterial reconhecido pelo Iphan e pelo Governo do Estado, e agora também pela Fifa graças à nossa campanha! Se dobramos a Fifa, vamos dobrar quem quer que seja!

Por favor, assine minha campanha. Precisamos chamar atenção do Brasil novamente para os absurdos que vivemos todos os dias em Salvador nas mãos de quem tem poder.

Espalhe o link também para seus amigos: www.change.org/baianasnafontenova

Muito obrigada!

Rita Santos
Presidente da Associação das Baianas de Acarajé (Abam)

PS: A Abam também está fazendo uma vaquinha pela internet para financiar o projeto ‘Ancestralidade na Escola’, para incluir no currículo a história da África e do povo negro. Se puder, colabore.

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.