Futebol na Bienal do Livro – RJ 2013

2
633

Participar da Bienal do Livro já é um programa interessante por si só; conhecer as novidades, lançamentos, participar dos debates, assistir as palestras… Na Bienal do RJ desse ano ainda teremos uma extensa programação relativa ao futebol. Artistas, jornalistas, editores, cineastas e muitas outras personalidades que tem algo a dizer vão participar de conversas com o público a respeito da relação entre futebol e literatura.

Participe deste bate-bola! Curadoria: João Máximo

Confira a programação! Vale lembrar que as senhas serão distribuídas 1h antes de cada sessão. Programação sujeita a alteração sem aviso prévio.

Enfim, Museus
29/09, às 19h – Pavilhão Azul
Participantes: Rosa Maria Araújo, Leonel Kaz / Mediador: Pedro Butcher

Por muito tempo, futebol e música popular foram tratados como assuntos menores pelos estudiosos da cultura brasileira. Em razão disso, a memória de ambos veio se perdendo. Os responsáveis pelo Museu da Imagem e do Som e pelo Museu do Futebol de São Paulo contam como estão mudando essa realidade.

Que País do futebol é esse?
30/08, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Juca Kfouri, José Trajano / Mediador: João Máximo

Ainda temos o melhor futebol do mundo? O que significa estar em 9º lugar no ranking da FIFA, atrás, entre outros, de Colômbia, Croácia e Portugal? Por que esvaziaram nossos estádios? Já não formamos craques como antes ou os exportamos cedo demais?

Gols de Letra: Crônica e Romance
31/08, às 16h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Marlos Bittencourt, Flávio Carneiro / Mediador: Luiz Pimentel

A relação entre Futebol & Literatura é tema recorrente nas três mesas “Gols de Letra”. Na primeira, ficcionista fala de seu romance de estreia inspirado no futebol. E outro, de suas crônicas saídas da vivência, não a de um “cronista esportivo”, mas a de um escritor atento aos dramas e comédias do jogo.

Gols de Letra: Dois Romances
31/08, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Hélio de la Peña, Sérgio Rodrigues / Mediador: Francisco de Paula Freitas

Dois jovens escritores transpõem para as páginas de seus romances as respectivas experiências como jornalistas e torcedores. Um, vitorioso no humor televisivo, ainda espera transformar seu livro em filme. O outro, dos melhores textos da imprensa carioca, volta à ficção a bordo do futebol.

Amor & Ódio na arquibancada
01/09, às 16h30 – Pavilhão Azul
Participantes: José Miguel Wisnik, Bernardo Buarque de Hollanda / Mediador: Mário Magalhães

Aqui, o torcedor é o centro das atenções. Dois importantes nomes de nossa cultura exploram alguns aspectos da paixão do brasileiro pelo futebol. Do papel das galeras organizadas (do amor ao clube à violência incontrolada) ao momento atual (do padrão de torcida imposto pela FIFA à elitização das chamadas arenas), o assunto é vasto e inesgotável.

O Botafogo de Paulinho e o Vasco de Drummond
01/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Flávio Pinheiro, Milton Temer / Mediador: Luiz Fernando Vianna

Um botafoguense, autoridade no botafoguense Paulo Mendes Campos, e um vascaíno, apaixonado pelo vascaíno Carlos Drummond de Andrade mostram o quanto e de que maneira os dois poetas inseriram o futebol em suas obras.

Graça & Lima, os falsos inimigos da bola
02/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Dênis de Moraes, Joel Rufino dos Santos / Mediador: Vitor Iório

Biógrafo de Graciliano Ramos e autor do ensaio “Sociedade e problema racial na obra de Lima Barreto” dividem a mesa para desfazerem os equívocos históricos que atribuem ao primeiro a afirmação de que o futebol jamais vingaria no Brasil e ao segundo a criação uma “liga antifutebol”.

Pensando futebol
03/09, às 20h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Muniz Sodré, Ronaldo Helal / Mediador: Vitor Iório

Dois renomados mestres da área acadêmica tem se dedicado a estudar e decifrar muitos dos aspectos da cultura popular, incluindo o futebol. Os dois, mediados por intelectual do mesmo universo, pensam e repensa o futebol à luz de vários aspectos das das ciências sociais e suas ligações com o país.

O espetáculo dos milhões
04/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Francisco Paulo de Melo Neto e Luis Peazê / Mediador: Vitor Iório

O futebol entra pelo século XXI como um grande negócio e uma complexidade ainda maior. No Brasil, craques e seus empresários são ricos. Os clubes, pobres, endividados.

Gols de Letra: Ficção em dois tempos
06/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Marcelo Backes, Flávio Dana / Mediador: Vitor Iório

Um romance para adultos, lançado recentemente, já é obra vitoriosa. Outro, chegando às livrarias logo depois, destina-se ao mesmo sucesso, só que pensando mais no público infanto-juvenil. São duas maneiras de a literatura brasileira tratar o futebol. Dois gols de letra para todas as idades.

Brasil 2014
07/09, às 16h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Renato Maurício Prado e Mauro Cezar Pereira / Mediador: João Máximo

O presidente da Fifa admite vir a se arrepender pela escolha do Brasil como sede da próxima Copa do Mundo. Terá sido, realmente, uma escolha errada? Foi positiva ou não para o futebol brasileiro? O que tal escolha mudou, para melhor ou para pior, num país que tenta se adequar ao chamado “padrão Fifa”?

A vida proibida do craque
07/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Alessandro Molon, Ruy Castro / Mediador: Paulo César Araújo

Escrever biografias, no Brasil de hoje, é muitas vezes impossível. Antes de tudo, é preciso vencer a barreira de preconceito e intolerância dos herdeiros. Dois escritores vítimas de uma lei limitadora e um deputado que luta para mudá-la explicam como estamos e para onde vamos.

O filme do jogo
08/09, às 16h30 – Pavilhão Azul
Participantes: José Carlos Asbeg / Mediador: Antonio Leal

De Garrincha alegrando o povo ao drama de Heleno de Freitas, dos filmes do Canal 100 ao CINEfoot, o cinema e o futebol brasileiros tem estado mais próximos do que parece. Gente que faz e vive a arte projetada nas telas, apaixonada pela arte do jogo da bola, explica como essa proximidade tem se manifestado em forma de documentários e obras de ficção.

Em campo, o editor
08/09, às 18h30 – Pavilhão Azul
Participantes: Marcelo Duarte, Rodrigo Ferrari / Mediador: César Oliveira

Nunca se editou tanto livro sobre futebol como na última década. O que mudou, neste país em que, até bem pouco, tais livros eram considerados inviáveis. Ótimo assunto para dois editores & livreiros discutirem, mediados por um terceiro editor.

Fonte: Placar Literário / Domingos D´Angelo

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.