PUBLIEDITORIAL: Fúria e Celeste

0
772

Na semana passada apresentamos o PUBLIEDITORIAL: Canarinho e Azurra, que comentava sobre a proximidade da Copa das Confederações e trazia algumas curiosidades sobre as seleções brasileira e italiana. Para a edição de 2013, o grupo A está sendo chamado de grupo da morte, pela presença das seleções acima citadas, além de México e Japão, outras duas boas seleções.

No entanto, o grupo B também não será fácil; exceto a seleção do Taiti, sem nenhuma tradição, a NIgéria promete dar trabalho para Uruguai e Espanha.

Curiosidades sobre alguns dos Participantes

Durante muito tempo, ao término de cada competição, dizia-se da seleção espanhola que “jogou como nunca e perdeu como sempre”. Esse tabu acabou de vez com a conquista da última Copa do Mundo, em 2010, na África do Sul. A camisa da Espanha é vermelha, com detalhes em amarelo e a seleção é conhecida como Fúria, apelido que surgiu nos anos 50, em função do futebol ofensivo que praticava na época, quando contava ainda com a presença de Di Stéfano no time.

Se a Espanha foi a última a conquistar uma Copa, o Uruguai foi a primeira, em 1930. A Celeste, como é conhecida a camisa do Uruguai tem esse apelido por conta do tom de azul que utiliza desde 1910. Muitos uruguaios consideram as medalhas de ouro nas Olimpíadas de 1924 e 1928 tão importantes quanto as duas Copas vencidas (1930 e 1950).

FutFanaticsEstá chegando a hora de torcer e nada melhor para os fanáticos por futebol do que fazer isso vestindo a camisa de sua seleção ou clube de preferência.