Chocolate Alemão

2
595

O Bayern acaba de passear na Arena München, na Alemanha. Goleou e fez com o Barcelona o mesmo que o time catalão havia feito com o nosso Santos, na final do Mundial Interclubes de 2011, quando pareceu atuar com um time de adultos contra outro de crianças.

O poderio ofensivo do time de Ribery, Robben, Mario Gomez e Thomas Müller mostrou-se gigantesco, diante de uma defesa que, novamente, vem demonstrando sinais de fadiga. Se o tima bávaro inteiro correspondeu, Schweinsteiger foi um monstro. Destaque especial para o “nosso” Dante, que, com o perdão do trocadilho infame, foi um inferno para o time espanhol. Incrível imaginar que, com míseros 38% de posse de bola o Bayern tenha feito o que fez com o aclamado Barcelona. A objetividade foi gritante e a eficiência germânica.

Agora, apesar de bem complicado, eu é que não ouso dizer que a fatura está liquidada. Esse Barcelona, há pouco mais de um mês, meteu 4 x 0 no Milan e, ainda que o time alemão seja muito superior ao italiano, um time com Messi, Iniesta e Xavi, dentre outros, não pode ser considerado carta fora do baralho até que a disputa termine.

Certeza mesmo, apenas a de que o vencedor dessa Libertadores terá uma parada bem mais complicada que a do Corinthians contra o Chelsea do ano passado.

Imagem extraída do Terra Esportes.

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.