Fuga para a Vitória

6
1080

Esse filme americano de 1982, que conta uma passagem sobre a 2ª Guerra Mundial, pode ser considerado cult hoje em dia, já que são muitas as curiosidades que o envolvem.

A história em si é simples e o filme é bem construído; mostra a vida de prisioneiros aliados em um campo de concentração alemão. A “rotina” é quebrada quando um major alemão, que já havia jogado na seleção de seu país, identifica entre os prisioneiros um famoso jogador inglês. Karl von Steiner, o tal major alemão, acaba por desafiar o inglês (vivido por Michael Caine) a montar um time para uma partida.

As curiosidades começam com a participação de vários ex-jogadores nos papéis de prisioneiros de guerra: Pelé, cujo personagem no filme nasceu em Trinidad & Tobago; Ardilles, craque da Argentina nas Copas de 78 e 82; Bobby Moore, lenda do futebol inglês; Kazimierz Deyna, craque polonês medalha de ouro nas Olimpíadas de 72 e, como goleiro, o improvável Sylvester Stallone.

Outro fato interessante é que o roteiro seria baseado em uma história real, em que em um desafio semelhante, os prisioneiros seriam libertados se perdessem a partida e executados caso vencessem a seleção alemã. Os prisioneiros, assim como no filme, teriam decidido jogar pela vitória e, assim, trocado a honra pela vida. Essa história, talvez refira-se ao caso real protagonizado por um grupo de jogadores do Dínamo de Kiev, sobre o qual falaremos em breve.

O filme, do consagrado diretor John Huston, é ufanista como só os americanos sabem ser, mas não deixa de ser uma boa opção. O resultado final do jogo e dos planos de fuga, deixo para você descobrir sozinho.

6 COMENTÁRIOS

  1. Ainda não assiti o filme indicado, mas assim que tiver um tempinho, estorarei uma pipoca e acompanharei Pelé, Stallone e Cia. E tomei conhecimento do episódio envolvendo o Dínamo de Kiev, na II Guerra Mundial, pelo livro “Os Meninos da Folha da Tarde. Na obra, o jornalista Albino Castro relata o fato.

    Abraços, professor Roca.

    Sucesso!

  2. Assisti a esse filme neste domingo, 7 de abril, no Max Prime, canal 79 da Claro. Com Pelé representando, Sylvester Stallone pagando de goleiro e o à época quase cinquentão Michael Caine correndo atrás “de la pelota”, o filme não precisou nem de tempo pra se tornar um cult instantâneo. Já ouvira falar que se tratava de uma boa bomba… Maldade! O filme é divertido. E cinema não é isso? Entretenimento?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.