Imbecilidade batendo recordes

0
450

Se houvesse uma euipe do Guiness Book acompanhando o Campeonato Brasileiro no último final de semana provavelmente teríamos mais um recorde. Acompanhe:

Domingo, no Pacaembu, um turista escocês, foi retirado pela polícia da área VIP em que acompanhava o jogo Corinthians x Sport por estar sendo vaiado, xingado e ameaçado por torcedores do Timão. Seu crime? Vestia uma camisa de seu clube do coração, o Celtic, que também é alviverde.

E que não digam que foi um fato isolado; verde é cor praticamente proibida no Corinthians, na Gaviões…

No mesmo dia, no Couto Pereira, em Curitiba, ao término do jogo Coritiba x São Paulo, Lucas, do Tricolor, foi dar sua camisa para uma torcedora do Coxa, uma menina de 12 ou 13 anos que gritou seu nome o jogo todo. Pois não é que os torcedores do time da casa se incomodaram, quase agrediram a menina e seu pai e a fizeram devolver a camisa? Veja no vídeo que bizarro!

Apesar de óbvio, reforço aqui que a imbecilidade não é apenas dos torcedores do Corinthians e do Coritiba. Infelizmente ela é distribuída em fartas doses igualmente entre todos os times.

Até quando? Que preguiça…