Comidas de Estádio: Pacaembu – Sanduíche de Pernil

6
1830

O prazer de ir a um estádio de futebol não está apenas em assistir a partida. Todo o ritual de vestir a camisa do seu time, encontrar os amigos, xingar o juiz, secar os adversários, tirar um sarro dos amigos torcedores dos rivais… proporciona uma enorme satisfação. Provavelmente libera toda a endorfina que a gente precisa por alguns dias (olha que bela sugestão de pesquisa para os cientistas de plantão).

Agora, as comidinhas de antes e/ou depois dos jogos merecem um capítulo a parte. Algumas vezes nem são iguarias inesquecíveis, mas já se incorporaram ao tal ritual. As tradições variam conforme a torcida, o estádio e a cidade em questão.

No caso do Pacaembu, não dá pra deixar de falar do Sanduíche de Pernil. O cheiro é de enlouquecer, mas o ideal é não descuidarmos da atenção com as condições de higiene. Observe alguns detalhes básicos como o uso de luvas e tocas e se o manuseio dos alimentos e feito pela mesma pessoa que pega o dinheiro. Fora isso, divirta-se porque a vida é breve e há que ser aproveitada.

Para quem não tem o hábito ou a oportunidade de ir ao Pacaembu, segue a receita:


Ingredientes
– dois kgs. de pernil (desfiar somente depois de pronto);
– duas cebolas picadas;
– dois pimentões verdes picados;
– seis tomates picados;
– 100 ml. de vinagre de maçã;
– 120 g. de açúcar;
– 80 g. de manteiga;
– sal, pimenta e salsinha a gosto;

Modo de Preparo

– deixe o pernil “marinar” nos temperos um dia antes (24 horas);
– cubra com papel alumínio e asse em forno médio por cerca de 40 minutos (o tempo pode variar conforme a potência do forno – fique de olho);
– tire o alumínio e deixe assando por mais 20 minutos para ganhar uma cor dourada;
– em uma chapa, derreta a manteiga, refogue a cebola e coloque o pernil já desfiado e os tomates; misture bem e curta o som e o cheiro até decidir que está pronto;
– corrija o sabor com sal, pimenta e salsinha;
– recheie fartamente um pao francês e mande pra dentro.

COMPARTILHAR
Post anterior“Agora eu se consagro!”
Próximo post20 Jogos Eternos do São Paulo
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.

6 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.