Túmulo do Futebol

1
2239

Foi Vinícus de Moraes que cunhou a famosa frase “São Paulo é o túmulo do samba”. Mesmo sem ser especialista em samba, ouso dizer que a frase é injusta, considerando tantos nomes como Adoniran Barbosa, Paulo Vanzolini, Roberto Riberti, Eugênio Gudin, Henricão, Geraldo Filme, Vassourinha, Blecaute, Seu Nenê, Vadico, Premeditando o Breque e muitos outros, sem citar Toquinho, um dos maiores parceiros do poetinha.


Mas em outro campo São Paulo vem fazendo esforço pra merecer uma frase dessas. Primeiro proibiram as bandeiras e baniram os instrumentos musicais; logo o esquema de torcida única também nos privou do show que é ver um estádio dividido. E nada disso ajudou a reduzir a violência, pelo contrário. Há poucos dias a FIFA anunciou que vai proibir fogos de artifício nos estádios e agora, para a partida de hoje pela Libertadores entre Santos e Corinthians, a Polícia Militar foi além: proibiu a entrada de torcedores com faixas e camisetas com supostas provocações entre os times e, mais do que isso, um mosaico de bexigas preparado pela torcida do Peixe.

Combater cambistas, flanelinhas, corrupção e desmandos no futebol ninguém quer, mas logo logo nos proíbem de gritar gol!

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.