Balada Nº 7 – Moacyr Franco

0
1180

Moacyr Franco é um artista injustiçado; não tem o reconhecimento que deveria e muitas vezes é considerado brega ou antiquado. Além de ator, apresentador, humorista, cantor, autor, compositor e político, Moacyr é um palmeirense apaixonado por futebol e compôs algumas músicas aproveitando o tema.

No caso da Balada Nº 7 há uma controvérsia. Apesar de a maioria das pessoas dizer que ela foi composta em homenagem a Garrincha, a história é outra. Alberto Luiz compôs pensando em Ipojucan, meia habilidoso que atuou no Vasco da Gama, na Portuguesa e teve breve passagem pela seleção brasileira, e Moacyr teria dito que a música era perfeita para Garrincha. No fundo no fundo, a música vale pra todos que deixaram boas lembranças por sua passagem pelos gramados da vida.

Nota do blog (17/09/15): alertado pelo leitor e amigo Sergio Macedo foi corrigida a informação de que Ipojucan havia sido jogador do Palmeiras.

COMPARTILHAR
Post anteriorSem Lenço, Sem Documento
Próximo postMessi e Neymar, só a tiros
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.