Deivid ‘Golperdido’

2
480

Continua o massacre sobre o Deivid, pelo inacreditável gol perdido na última quarta-feira de cinzas no clássico contra o Vasco da Gama, pela semifinal da Taça Guanabara, estadual do Campeonato Carioca.

Já havia pensado em escrever algo a respeito, mas sem dúvida seria defendendo o jogador. Que atire a primeira pedra quem nunca perdeu um “gol feito”. Não é mais necessário que eu escreva nada. Xico Sá, colunista da Folha de São Paulo disse que tudo que deveria ser dito a respeito do tema. O “mal diagramado”, como ele mesmo se intitula, parece ter recebido o espírito de Nelson Rodrigues e dá um show mais uma vez. Seguem alguns trechinhos:

“[…] o gol perdido é como falhar na cama com a Gisele Bundchen”.

“Alguns gols perdidos, de tão perdidos que são, deveriam ser homenageados também com uma placa, assim como os tais gols de letra”.

“O feito do nosso amigo Deivid é obra-prima. Tão perdido que ele mesmo tomou um duplo susto. […] Não pode ser. Não foi comigo. […] Ainda é carnaval, acorda amor, acorda”.

“Todo homem, seja ele um Deivid ou um Messi, pode cometer tal pecado. E comete”.


Disse tudo!

COMPARTILHAR
Post anteriorCampo da Paz
Próximo postColecionadores de Camisas de MG
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.

2 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.