Bob Marley – Isso é Amor

1
887

Olha que timaço: Chico Buarque, Toquinho, Alceu Valença, Paulo César Caju e……Bob Marley! Foi o que rolou em 1980, no campo do Politheama, time do Chico, já mostrado aqui. Além de futebol, claro que rolou uma tietagem explícita de quase todos os lados, como quando o Rei do Reggae disse “Sou fã de seu futebol” para Paulo César e recebeu a única resposta possível: “E eu, de sua musica”.

Pouco tempo depois Marley morreria, mas além de ótima música, ele deixou um exemplo, pensamentos para reflexão. Como ídolo, sabia que tinha obrigação de usar sua fama para transmitir mensagem de paz, contra os preconceitos e a opressão. Em tempos como o atual, em que a cada 15 minutos temos novos “ídolos” e “famosos”, deveríamos todos pensar a respeito.

Antes de deixar aqui uma das minhas preferidas, relato uma curiosidade sobre sua morte. Marley morreu em 1981, de câncer, que havia se espalhado por seu corpo já atingindo estômago, cérebro, pulmão… A doença teria começado por uma ferida em seu pé, supostamente a partir de um machucado feito em uma partida de futebol. Em função de sua religião, o rastafarianismo, ele não aceitou a orientação dos médicos para amputar o dedo do pé, o que acabou por levar a doença a se espalhar. É só lenda e seria bem injusto imputar essa culpa ao nosso futebol.

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.