Pelé – Poema

0
636

O moleque
dá um breque
e um salamaleque
de mestre-sala.
Mole, mole,
o moleque
desabala.
Ele é pé.
Ele é pele.
P. E. L. E.
O negro Pelé

José Virgílio Gonçalves