Sul-Americano de 1919

0
496

Agora que estamos prestes a começar a disputa de mais uma Copa América, vale a pena relembrar nosso primeiro título. Aqui mesmo já falamos do nosso primeiro ídolo, Friedenreich, que fez o gol do título do Sul-Americano de 1919, que inspirou Pixinguinha a compor o chorinho 1 x 0.

O livro “Sul-Americano de 1919 – Quando o Brasil descobriu o futebol” traz em 84 páginas ricamente ilustradas por fotos históricas – nunca publicadas em livro – toda a atmosfera que cercou a primeira competição internacional de futebol realizada no Brasil. Em sua sexta obra, o jornalista Roberto Sander cria um painel variado de um tempo em o futebol era como que uma propriedade das elites brancas. Além da contextualização histórica de um período conturbado da vida nacional, Sander narra os quatro jogos que garantiram a conquista brasileira. Comemorado efusivamente, o feito elevou a condição de ídolos craques emblemáticos como o goleiro Marcos Carneiro de Mendonça e o artilheiro Friedenreich. Foi há 90 anos. O Brasil começava a sua escalada para se tornar “o país do futebol”. O Brasil finalmente ganhava um rosto, uma identidade. Ganhava a cara desse Brasil que hoje conhecemos.

COMPARTILHAR
Post anteriorChocolates Timão
Próximo postCopa América 2011
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.