Seleção Gastronômica

4
1386

Certamente esse time, na prática, não daria água na boca de quase ninguém. Não que fosse de dar indigestão, mas não conta com muitos craques. Mestre Cuca, que saiu recentemente do Cruzeiro, certamente seria o técnico ideal para tentar montar um time saboroso com esses ingredientes.

No gol, João Leite, ex-goleito do Atlético Mineiro ou Manga, que se destacou por Botafogo, Grêmio e Internacional, dentre outros times. Como reserva, Wilson Macarrão, que atuou no Corinthians. Na defesa não faltam opções: Sardinha, que emplaca seu segundo time, já que participou também da Seleção Animal que foi montada por aqui, poderia montar uma zaga leve com Lúcio Surubim, ex-zagueiro de destaque do Náutico. Outras opções são Gilmar Fubá, Alfredo Mostarda, zagueiro que atuou no Palmeiras nos anos 70, Rodrigo Arroz ou Café, do América de São José do Rio Preto. Para conter a fome dos adversários, Ademir Sopa, ex-São Caetano e Pintado, destaque do Tricolor nos anos 90.

A partir daí Nilton Batata e Rubens Feijão vão reviver bons momentos do ataque do Santos, mas vão contar com a ajuda de Cocada, atacante que marcou a história do Vasco e Marcio Mexirica, que atuou na Ponte Preta. Se não fossem gringos, Torrado, mexicano do Cruz Azul e Erich Beer, do Hertha Berlim ajudariam a compor o meio de campo e Acquafresca, do Cagliari e Saleiro do Sporting disputariam posição no ataque.

Bom apetite!

COMPARTILHAR
Post anteriorCopa de 34
Próximo postPiadas de Futebol – Exposição
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.

4 COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.