O futebol na passarela

0
610

Hoje certamente vai aumentar a audiência feminina do Futebol-Arte, já que Beckham é um daqueles jogadores que atrai a atenção de mulheres que normalmente não se interessariam pelo jogo. Apesar disso, seria injusto considerá-lo apenas uma celebridade; é também um ótimo futebolista.

Dono de chutes e passes precisos, surgiu para o futebol no Manchester United, onde conquistou títulos importantes e teve sua melhor fase. No clube inglês, atuou entre 1993 e 2003, conquistando seis títulos da Premier League (Campeonato Inglês), duas Copas da Inglaterra, um título da Champions League e um Mundial Interclubes, em 99, contra o Palmeiras. Em 2003 foi para o Real Madrid, ajudar a compor o time de galácticos, com Zidane, Roberto Carlos, Figo e o Ronaldo Fenômeno.

Apesar da bela companhia, não obteve o mesmo sucesso de antes; mesmo assim ainda conquistou um Campeonato Espanhol e uma Supercopa da Espanha. A partir de 2007 passou a alternar-se entre LA Galaxy, dos EUA e o Milan. Conseguiu superar ninguém menos que Bobby Moore, como jogador de linha que mais vezes atuou pela selação inglesa. Atualmente, com 115 partidas pelo English Team, está atrás apenas do ex-goleiro Peter Shilton, que já disputou 125 camisas pela seleção. Foi considerado por Pelé como um dos 125 maiores jogadores vivos do futebol mundial.

Aproveito a oportunidade para convidar as leitoras que chegaram até aqui, a passear pelo blog e conhecer o futebol por outros ângulos.

COMPARTILHAR
Post anteriorDemocracia em Preto e Branco
Próximo postCarroça Desembestada
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.