1º de Abril – de novo

0
488

Um líder de torcida organizada, um rapaz de 17 anos, foi assassinado. No dia seguinte, antes de ser enterrado, seus colegas realizaram seu último desejo e levaram o caixão para o estádio, no meio da torcida. Essa “entrada” triunfal aconteceu quando faltavam 15 minutos para a partida terminar e, pasmem, no instante seguinte seu time de coração empatou o jogo. A família sabia de tudo e tinha dado autorização para os outros componente da “El Índio”, nome da torcida organizada, fazerem a “homenagem”.

Você então vai dizer: “Ah, isso é pegadinha” ou “tá contando isso porque é primeiro de abril”, mas… o pior é que não! Aconteceu domingo passado, na Colômbia. Christopher Jácome era torcedor do Deportivo Cúcuta, que enfrentou o Envigado, pelo Torneio Clausura do campeonato local. A polícia diz que foi surpreendida. Realmente deve ser bem simples esconder um caixão com um corpo dentro e passar pela revista na entrada do estádio, né?!

COMPARTILHAR
Post anterior1º de Abril
Próximo postÉ Tudo Verdade
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.