O Futebol no Inferno – VII

0
486

A bola pesa dez quilos
E é de aço maciço
Se o jogador for expulso
Leva um cacete roliço.
E quando o jogo acabar,
Toma um bom chá de sumiço

Quem torcer por Lampião
Entra no campo de graça,
Mas, pra passar na roleta,
Precisa ter muita raça,
E lá dentro ainda ganha
Um picolé de cachaça

Lá, não existe barreira
Nem sequer tiro esquinado.
O quarto-zagueiro, lá
Se chama beque-sentado,
E quem tocar no juiz
É expulso do gramado

Se o juiz marcar pênalti
Na barra de Lampião,
Ele manda os cangaceiros
Armarem uma confusão
E ainda vai bater
Pênalti na barra do cão

José Soares

Clique aqui para ver a primeira parte desse cordel.

COMPARTILHAR
Post anteriorVai que…
Próximo postQuadra – Jair da Rosa Pinto
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.