Sir Stanley Matthews

0
778

O maior craque do futebol inglês, superando George Best, Bobby Charlton, Beckham e outros. Tinha tantos cuidados com a saúde que sua carreira se estendeu até seus 50 anos, quando se aposentou, segundo ele, de forma precoce.

Jogou apenas pelo Stroke City e pelo Blackpool, além é claro, da seleção inglesa. Pela seleção, participou de algumas goleadas inesquecíveis, como os 4 x 0 na Itália, em 1948, os 10 x 0 em Portugal e um certo 4 x 2 no Brasil, em 1956, quando tinha 41 anos e deu um baile em ninguém menos que Nilton Santos. É o jogador que por mais tempo atuou pela seleção, 23 anos.

Faleceu em 23/02 de 2000, aos 85 anos. Em uma das estátuas dedicadas a sua memória há uma placa com a frase: “Seu nome simboliza a beleza do jogo, sua fama é internacional e atemporal, seu espírito esportivo e modéstia universalmente aclamados. Um jogador mágico, do povo, para o povo”.