Norte e Nordeste em peso

2
2147

Três grandes clubes das regiões Norte e Nordeste aniversariam praticamente juntos. Dois deles são grandes rivais.

O Clube do Remo, conhecido como Leão do Norte, é de 05 de fevereiro de 1905. São 42 títulos do Campeonato Paraense e um do Campeonato Brasileiro da Série C. Além da torcida e do estádio Evandro Almeida, o Remo tem alguns feitos históricos, como o recorde de público das três séries, em 2005, o vice-campeonato invicto no Torneio de Toulon, na Franca, em 1995 e o empate com o Benfica, de Portugal, em 1968, cujo time servira de base para a seleção portuguesa que havia sido terceira colocada na Copa de 66.

Ficou 33 partidas sem perder de seu maior rival, o Paysandu, entre 1993 e 1997. Atualmente é o 27º no ranking da CBF.


O Santa Cruz é um clube de Recife, Pernambuco, fundado em 03 de fevereiro de 1914. Tem como principais rivais o Sport, com quem faz o Clássico das Multidões e o Náutico, com quem protagoniza o Clássico das Emoções. Dentre suas maiores conquistas estão 24 Campeonatos Pernambucanos, dois vices no Campeonato Brasileiro da Série B e uma Fita Azul Internacional, de 1980, quando retornou invicto ao Brasil de sua excursão internacional pela Europa e Oriente Médio.

O Papão da Curuzu, como é conhecido o Paysandu foi fundado em 02 de fevereiro de 1914, em Belém, Pará. Em 1947 montou o Esquadrão de Aço, quando foi Campeão Paraense invicto e de forma antecipada.

Ao longo de sua história conquistou dois Campeonatos Brasileiros da Série B, uma Copa dos Campeões, uma Copa Norte e 44 Campeonatos Paraenses, dentre outros títulos. Um de seus maiores orgulhos foi a participação na Taça Libertadores de 2003, quando chegou a ganhar do poderoso Boca Jrs., dentro de La Bombonera. Atualmente é o 31º no ranking da CBF e o 19º no da Conmebol.