Goleiro marca! Centroavante defende!

1
672

Como é que alguém diz que o futebol não representa a vida? O mesmo acaso, as mesmas circunstâncias inesperadas, inusitadas, a mesma roda da fortuna de fora do campo batem cartão entre as quatro linhas. O que parece certo e garantido, em um minuto se modifica… e no minuto seguinte se modifica de novo… Sem qualquer possibilidade de previsão.

Silvio de Abreu ou Gilberto Braga não pensariam em roteiro tão incrível. Nem mesmo se Dias Gomes e Janete Clair pudessem voltar conseguiriam pensar em algo tão improvável. Semana passada jogavam Sport x Vitória, pelo Campeonato Pernambucano. O jogo ia terminando com o placar de 1 x 1. Então, em cena que você já viu, o goleiro de um dos times (Saulo, do Sport) vai para o ataque final tentar fazer o gol e… faz. Aí, o que era comemoração se torna drama, pois o goleiro se machuca e o time já tinha feito as três substituições.

Um dos jogadores que já está em campo terá que fazer o papel de goleiro, mesmo que não tenha experiência, preparo e vocação para isso. Nova surpresa, o escolhido é o atacante Carlinhos Bala, de 1,65 de altura. Vale lembrar que os goleiros por aí costumam ter em torno de 1,90. Pois se o goleiro fez o gol, o atacante surpreendeu em seu novo papel e cortou até cruzamento, evitando o empate.

Agora, antes de assistir ao vídeo com essa história inusitada responda: quando acordou pela manhã ou quando estava indo para o jogo, será que o goleiro imaginou que faria o gol da vitória? Será que o atacante desconfiou que ia terminar a partida como goleiro? Ah, as surpresas da vida…

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.