Bebeto, o parceiro de Romário

1
2321

Há jogadores que brilham mais ao lado de determinados parceiros. Se Careca teve brilho próprio, mas se destacou ainda mais como parceiro ideal de Maradona, Bebeto, que também brilhou por onde passou, teve o ponto alto de sua carreira na Copa de 94, ao lado de Romário.

Franzino, habilidoso, rápido, criativo e inteligente, Bebeto surgiu no Vitória, mas logo se tornou candidato a sucessor de Zico, no Flamengo. Isso se desfez quando trocou de clube e foi para o Vasco da Gama. Brilhou intensamente no La Coruña, da Espanha, onde fez três temporadas inesquecíveis. Sua marca registrada eram os gols de voleio, quando jogava o corpo lateralmente para bater na bola.

Foi artilheiro por onde passou, além de ter conquistado muitos títulos, dentre os quais se destacam três Campeonatos Brasileiros (contando o de 87, não reconhecido pela CBF), dois Cariocas, um Baiano, uma Copa e uma Supercopa da Espanha e vários pela seleção brasileira. Completa hoje 47 anos.

COMPARTILHAR
Post anteriorGigantes das Copas
Próximo postAdriano Imperador
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.