História das Camisas de Seleções

0
697

Ganhei um livro delicioso em um amigo-secreto do final do ano. A História das Camisas de todos os jogos das Copas do Mundo (Panda Books). O livro de Paulo Gini e Rodolfo Rodrigues tem ilustrações de Maurício Rito e foi lançado em 2010.

A história de cada Copa é apresentada, jogo a jogo, com o desenho de cada uniforme. São muitas as histórias, curiosidades e várias as circunstâncias que obrigaram algumas seleções a trocar ou adaptar seus uniformes em determinadas partidas.

Só pra ficar em dois exemplos:
– na primeira Copa do Mundo, em 1930, no jogo Brasil x Bolívia, os dois times entraram em campo com camisas brancas e calções parecidos; azul, o brasileiro e preto, o boliviano. Depois de poucos minutos com a bola rolando, o jogo foi paralizado e, no sorteio, ficou decidido que os boliianos teriam que trocar de uniforme. Por não ter uniforme reserva, jogaram com a camisa da seleção uruguaia emprestada. A Bolívia jogou com a camisa que seria campeã, mas perdeu por 4 x 0 do nosso time;

– na Copa de 50, no Brasil, no jogo entre Suíça e México, nossos companheiros de América tiveram que improvisar, já que não haviam trazido uniforme número 2. Assim, a solução foi pegar emprestada a camisa do Cruzeiro de Porto Alegre.

COMPARTILHAR
Post anteriorOs Clássicos Paulistas
Próximo postRoubo de Bola
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.