O homem que valia um campeonato

1
1116

Nem Pelé, nem Ronaldo, nem Romário, Garrincha, Leônidas ou Vavá… o brasileiro que mais gols fez em uma única Copa do Mundo, nove (9), e mais gols em uma única partida de Copa, quatro (4), foi Ademir de Menezes, também conhecido como Queixada, por motivos que ficam óbvios olhando a foto ao lado.

Então no Fluminense, Gentil Cardoso, técnico de futebol e uma das figuras mais folclóricas do futebol brasileiro, disse, em mais uma de suas frases antológicas: “Dêem-me Ademir e eu lhes darei o título”, referindo-se ao craque do Expresso da Vitória, como ficou conhecido o Vasco da Gama na década de 40. Pois o craque interrompeu sua trajetória no time da Cruz de Malta e foi para o tricolor das laranjeiras conquistar o campeonato carioca de 1946. Sua carreira só não foi mais completa pela perda do título na Copa de 50, contra o Uruguai.

Sua trajetória ficou marcada nos três clubes em que atuou:
Sport Recife – de 1939 a 42 e 56;
Vasco Da Gama – 42 a 45 e 48 a 56;
Fluminense – 46-47

Foi pelo Vasco que mais se destacou, tendo feito 301 gols em 429 jogos. Pela seleção foram 41 jogos e 35 gols, com a excelente média de 0,85 gols/jogo. Voltou para o Sport para encerrar sua vitoriosa carreira. Foi homenageado com o vídeo Um artilheiro no meu coração, dividido em duas partes.

Parte 1

Parte 2

1 COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.