Parabéns Academia – 96 anos

18
1510

Academia de Futebol! O que será maior, a Libertadores 99 ou a Copa-Rio 1951? Ser o primeiro, e único, clube do país do futebol a vestir a camisa da seleção brasileira (quando da inauguração do Mineirão) ou ser conhecido mundialmente como Academia de Futebol? Tanto faz. Essas glórias não se excluem; ao contrário, vão se somando ao longo do tempo.

Também é conhecido como Campeão do Século XX pelo fato de ser o líder em todos os rankings significativos feitos no país: CBF, Revista Placar, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e Federação Paulista de Futebol e por ser o único clube a ter vencido ao menos uma edição de todos os campeonatos organizados pela CBF. Os mais importantes: Copa-Rio 51, Libertadores 99, Mercosul 98, quatro campeonatos brasileiros (72, 73, 93 e 94), Copa do Brasil 98, duas Taça Brasil (60 e 67), Torneio Roberto Gomes Pedrosa (67 e 69), cinco torneios Rio-São Paulo (33, 51, 65, 93 e 2000) e 22 Campeonatos Paulista dentre outros.

Ouso aqui escalar minha seleção de todos os tempos entre os jogadores que já atuaram pelo Palmeiras, lembrando que alguns pelo que vi e outros pelo que li e ouvi: Marcos, Djalma Santos, Luis Pereira, Waldemar Fiúme e Roberto Carlos; César Sampaio, Jair Rosa Pinto, Ademir da Guia, Edmundo (ou Julinho Botelho), Evair e Rivaldo.

Também não dá pra falar de Palestra Itália sem mencionar o novo estádio que vai surgir e craques de várias épocas: Oberdan, Djalma Dias, Cafu, Dudu, Jorge Mendonça, Alex, Antonio Carlos, Arce, César Maluco, Pedrinho (lateral-esquerdo), Leivinha, Roque Jr., Djalminha, Paulo Nunes, Vavá, Kleber, Chinesinho, Mazzola, Valdívia, Zinho, Servílio, Heitor, Leão, Junqueira, Romeu Pellicciari, Mazinho, Valdir de Moraes, Geraldo Scotto, Cléber, Del Nero, Jorginho, Luxemburgo, Oswaldo Brandão, Telê Santana, Felipão e muitos outros.

COMPARTILHAR
Post anteriorMané Astaire
Próximo postAqui é o país do futebol – Simonal
Ricardo Roca
Formado em Comunicação Social e pós-graduado em Administração de Empresas, ambos os cursos pela ESPM, atualmente cursando mestrado em Linguística. Professor universitário, sócio da Roda Fiandeira, consultor nas áreas de comunicação e marketing e apaixonado por futebol e arte.

18 COMENTÁRIOS

  1. […] Eleito pela FIFA o melhor clube das Américas no século XX, o Santos Futebol Clube tem uma longa história de revelação de talentos e títulos. Fundado em 14 de abril de 1912, quase se chamou Brasil Atlético ou Concórdia. Na ocasião de sua fundação, as cores escolhidas para seu uniforme eram o branco, o azul e detalhes em dourado. Rapidamente o clube descobriria sua vocação ofensiva, montando inúmeros times voltados para o ataque. Os primeiros ídolos foram Araken Patusca, que chegou ao clube com 16 anos e o artilheiro Feitiço. Ambos compunham o ataque dos 100 gols com Siriri, Camarão e Evangelista. Esse apelido foi dado pela altíssima média de gols marcados, 6,25 gols por partida, no Campeonato Paulista de 1927, no qual o clube ficou com o vice-campeonato, perdendo o título para o então Palestra Itália. […]

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.