Fazendo Música, Jogando Bola – Futebol e Carnaval

0
654

Futebol e Carnaval – Por Fila Benário (Vinícius Vieira de Oliveira)
IrmasMinerato
Irmãs Minerato, que desfilam pela Gaviões da Fiel

Fala Galera, Fila Benário na área pra mais um Fazendo Música, Jogando Bola, e se o Ricardo Roca apitar já sabe né? É pênalti, bola na rede e torcida comemorando. E hoje é Carnaval minha gente, a festa do povo brasileiro. Tem quem não goste, mas eu duvido que esse cidadão não fique na folhinha esperando o dia chegar pra curtir os quatro dias de folga.

Eu não sou de pular não, prefiro ficar na minha residência assistindo um filminho de boa, mas gosto de ver a agitação da galera, acompanho os desfiles pela TV, visto a camisa do Todo Poderoso Timão no dia da apuração e vibro como se fosse um gol quando o Locutor grita: GAVIÕES DA FIEL, NOTA: DEEEEEEEEZZZZZ. E é justamente o assunto de hoje, o casamento mais que perfeito das duas paixões do povo brasileiro, o Carnaval e o Futebol. E já que eu comecei relembrando da torcida que tem um time e também uma escola de samba, vamos listar aqui, as escolas formadas pela torcidas organizadas.

Gaviões da Fiel, a Escola do Bando de Loucos
LogoGavioes
Com o nome de Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba Gaviões da Fiel Torcida (G.R.C.E.S. Gaviões da Fiel Torcida), a Gaviões da Fiel como é conhecida, iniciou a sua trajetória como um bloco de carnaval na década de 70. Nos anos 80, o Bloco se tornou imbatível e ganhou todos os desfiles de 1981 a 1988 somando ao todo 12 títulos em toda sua trajetória, tal feito chamou a atenção da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, que convidou o humilde bloco para participar dos desfiles do grupo de acesso. No primeiro desfile em 1989 a Gaviões ficou com vice campeonato. E em 1995 já no Grupo Especial, ganhou o Carnaval Paulistano com o histórico Samba Enredo “Coisa Boa é Pra Sempre”.

Quem nunca sambou (independente do time) ao som de “me dê a mão, me abraça, viaja comigo pro céu”?

A Gaviões soma no grupo especial um total de quatro títulos no carnaval paulista.

Mancha Verde, a Escola Palestrina
ManchaVerdeE foi justamente em 1995 que a torcida mais popular da Sociedade Esportiva Palmeiras, a Mancha Verde, iniciou o seu Bloco carnavalesco. Porém devido a uma briga entre os torcedores da Mancha com a torcida Independente do time do São Paulo, a justiça decretou a extinção do bloco como pessoa jurídica. No mesmo ano a torcida, com novo CNPJ, deu continuidade aos trabalhos do bloco, que em 2000 estreou como Escola de Samba do grupo de acesso, e no ano de 2004 chegou ao grupo especial (curiosamente no mesmo que a Gaviões caiu para o grupo de Acesso).

No desfile desse ano, a escola homenageia o centenário palmeirense, com o Samba-Enredo: “Quando Surge o Alvi-verde Imponente, 100 Anos de Lutas e Glórias”. Agora um adendo, um golaço de placa palmeirense é ter a minha musa de toda adolescência, a estonteante Viviane Araújo, como Rainha da Bateria.
ViviAraujo
Ahhhhhhh meu Deus…

Dragões da Real, a escola da torcida São Paulina
DragoesReal
A torcida organizada mais conhecida do São Paulo é a Independente, que tem um bloco carnavalesco inclusive, porém a torcida que fundou a sua própria escola nos anos 2000 e chegou ao grupo especial no ano de 2012 com garra e raça foi a Dragões da Real. Sendo aparentemente uma escola nova, a Dragões tem um longo caminho a percorrer, porém ela já conseguiu deixar a sua marca no carnaval paulistano ao ficar em 4º Lugar em 2013 com o desfile: “Dragão, guardião real, mostra seu poder e soberania na corte do Carnaval!”.
CacauBBB
A ex-BBBela Cacau é a musa da escola tricolor

Aproveitando o tom carnavalesco, fiz um TOP 5 dos jogadores homenageados por Escolas de Samba:

1 – Ronaldo (Gaviões da Fiel)
RonaldoGavioes
No ano de 2014 a Gaviões da Fiel, a escola da torcida Corinthiana, homenageou o maior jogador de todos os tempos, o maior artilheiro brasileiro em copas do mundo e também o brasileiro mais vencedor de prêmio melhor do mundo. Ronaldo Nazário, o Ronaldo Fenômeno.

2 – Garrincha (Mangueira)
GarrinchaCarnaval
Pelé o rei do futebol? Pfff, o verdadeiro Rei do Futebol foi o genial Mané Garrincha, dono da pernas tortas mais famosas do mundo, e de um futebol incomparável. Garrincha foi homenageado pela tradicional Escola de Samba carioca Estação Primeira de Mangueira nos anos 80. Porém, abatido pelo vício do alcoolismo o mestre do futebol estava visivelmente debilitado.

Pra quem não tinha idade na época, o filme Garrincha – A Estrela Solitária, lançado em 2003, baseado no livro do jornalista Ruy Castro, retrata a cena com a mesma dramaticidade.

3 – Ronaldo (Tradição)
RonaldoTradicao
Antes da Gaviões da Fiel homenagear o Ronalducho, a escola carioca Tradição também homenageou o Fenômeno, um ano depois do mesmo nos dar uma alegria tão imensa que foi o Pentacampeonato Mundial da Seleção Brasileira. Ronaldo não esteve presente no desfile (quem o representou foi a sua mãe Sônia) e a Escola não ficou bem posicionada, amargando um 13º lugar.

4 – Nilton Santos (Vila Isabel)
NiltonSantosCarnaval
A Vila de Noel Rosa e Martinho (da Vila kkkkk) homenageou no ano de 2002 o grande Nilton Santos, carinhosamente apelidado de a Enciclopédia do Futebol e eterno ídolo da torcida do Botafogo. E sendo o Carnaval tão injusto como o Futebol, a Vila Isabel, que lutava pra voltar para o grupo especial, foi penalizada pela nota errada de um jurado, e assim ficou em segundo lugar no grupo de acesso.

5 – Zico (Imperatriz Leopoldinense)
ZicoCarnaval
E no ano passado a Imperatriz (Ahhhhh Luiza Brunet… ops, vamos voltar à programação original), homenageou o Galinho de Quintino, o grandioso Zico, o maior ídolo do futebol carioca. Com o Samba-Enredo “Arthur X: O Reino do Galinho de Ouro na Corte da Imperatriz” a escola colocou a Sapucaí abaixo e ficou em quinto lugar.

Fila Benário se despede da coluna de hoje desejando a todos um Carnaval de muita alegria, descontração, mas, sobretudo sem exageros minha rapaziada.

Nos vemos no próximo dia 15.

Fila Benário ou Vinícius Vieira de Oliveira (como é menos conhecido) é estudante de Jornalismo da FAPSP e entre uns goles de Sprite, um Rock bem pesado e o seu amor incondicional pelo Coringão, mantém o blog musical Fila Benário Music.

Os textos e charges publicados na categoria CONVIDADOS, apresentam e refletem a opinião dos mesmos, não necessariamente alinhando-se com a do Blog Futebol-Arte. Sua publicação tem o propósito de apresentar diferentes pontos de vista e estimular reflexões e debates.

#futebolemusica