De presente, um NOVO sonho

1
475

Há exatos quatro anos, no dia do meu aniversário, postei aqui De presente, um sonho, que falava sobre uma final de Copa do Mundo entre Brasil x Argentina… Era um daqueles sonhos que todos os brasileiros já tiveram, acordados ou dormindo, e talvez os mais otimistas ainda tenham. Convido a todos para que leiam e recordem seus sonhos semelhantes.

O tempo passou, realizamos uma Copa do Mundo com aspectos que merecem questionamento, mas em que as coisas funcionaram bem dentro e fora do campo, ao contrário do caos imaginado por parte da mídia. A participação do Brasil, no entanto, terminou de forma melancólica, com os inesquecíveis 7 x 1 alemão e os 3 x 0 holandês. O pior é que não foram acidentes de percurso, mas o resultado de anos de inépcia administrativa.

Olhando para “dentro”, vemos a Libertadores sem clubes brasileiros na final; o campeonato brasileiro com média de público ridícula, menor que a da série B da Inglaterra e da Alemanha; clubes falidos e sem perspectivas de melhoria no curto prazo; uma completa falta de craques, com a óbvia exceção de Neymar; jogos lamentáveis do ponto de vista técnico; arbitragens repletas de falhas; violência generalizada nas torcidas organizadas; dirigentes incompetentes e corruptos; seguidos atos de racismo, em campo e fora dele… Um quadro tenebroso!

É aí que chega a hora de sonharmos novamente. Agora, não se trata mais de fazer o gol da final, mas de construir algo mais longo, duradouro e real.
Paris_Brasil
A foto acima foi tirada em Paris, durante a Copa do Mundo. Faz parte da divulgação de uma exposição sobre o futebol brasileiro. Vários artistas brasileiros expondo na Europa seus trabalhos relacionados ao futebol nacional. A foto abaixo foi tirada no Museu do Barcelona, o segundo mais visitado da Espanha e que gera uma receita considerável para o Barça, além de preservar a memória e fomentar o futuro do clube.
Barca_Brasil
Dá sim pra sonhar com isso por aqui, e também com a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, encampada pelo Bom Senso F.C. e que conta com o apoio do governo federal. Com o torcedor sendo bem tratado, indo aos estádios sem medo da violência, com os times fortes como já foram e jogos com alto nível técnico. Com alternância de poder nas federações estaduais, na CBF e nos clubes; com arbitragem profissional; com apoio ao futebol feminino e às categorias de base; com um calendário que ofereça melhores condições aos atletas e que permita aos clubes iniciar e terminar a temporada com o mesmo time.

Longe de mim dizer que tudo lá fora é bom e tudo aqui é ruim; isso é só para os vira-latas. Temos o Museu do Futebol, que é tão bom quanto o do Barça e exposições sobre o tema, ainda que tímidas, mas falta muita coisa. Temos profissionais capacitados em todas as áreas necessárias para fazermos a transição desse sonho para a realidade. Temos clubes centenários, vitoriosos e cheios de história; alguns estádios modernos; temos exemplos do que dá e do que não dá certo e principalmente, temos paixão. Falta ousadia, estratégia e disposição.

Ao contrário do outro sonho, que era apenas uma idealização, espero que esse se realize. Pode ser meu presente de aniversário?

1 COMENTÁRIO