PUBLIEDITORIAL: A final sonhada! Tudo ou Nada

0
535

A Copa começou e os favoritos são os de sempre, Brasil, Argentina, Alemanha e Itália em primeiro plano. A Espanha estava nesse grupo, mas foi atropelada na estreia e deixou a dúvida sobre seu potencial; ao mesmo tempo a Holanda mostrou que veio forte e se credenciou de vez para a disputa do título. Uruguai, França, Inglaterra? Tradicionais, mas deixam dúvidas. Chile, Bélgica, Portugal? Possíveis surpresas, aparentemente ainda sem a tradição e o “punch” necessários.

Muitos dizem que “não há mais bobos no futebol”; as zebras a solta e os indesejáveis erros de arbitragem contribuem para tornar tudo ainda mais imprevisível do que o futebol já é. Neymar, Oscar, Robben, Van Persie, Messi, Pirlo, Balotelli, Benzema… os craques já começaram a dar as caras. Ainda virão Cristiano Ronaldo, Schweinsteiger e muitos outros. Teremos surpresas?

Tudo isso pra dizer que a final esperada por muita gente é Brasil x Argentina, um confronto com nosso maior rival… no Maracanã…na final da Copa…. Tudo ou nada!

Para quem torce contra e, obviamente, para os hermanos, o fetiche de um novo Maracanazzo, de derrubar o maior campeão em sua própria casa, de impingir sofrimento a quem mais fez os outros sofrerem ao longo da história das Copas, a Seleção Brasileira, é sedutor demais.

Para os brasileiros, vencer o maior rival, que conta com o maior jogador da última década, comparado a Maradona e a Pelé, em uma final de Copa do Mundo, seria o êxtase, a premiação maior do que se pretende a Copa das Copas.

Para todos, um espetáculo inesquecível! Drama, suspense, tragédia, comédia… tudo que há em um campo de futebol!