Minha Seleção Brasileira – 2013

0
447

Essa época de balanço, de avaliação de erros e acertos do ano que vai terminando, parece ser ideal para marcar posição também sobre o time que deve participar da Copa 2014 que se aproxima rapidamente. Experiências iniciais nesse sentido foram feitas em Março e Abril, mas depois disso tivemos alguns amistosos, a Copa das Confederações e a sequência dos campeonatos nacionais, o que oferece mais possibilidades para a escolha dos 23 jogadores.

Sem mais delongas, mando meu time titular e reserva, com as respectivas justificativas, e a indicação de alguns atletas que devem ser observados mais de perto para possíveis mudanças até junho/14.

BrazilFutebolSe a Copa começasse agora e eu estivesse no lugar do Felipão, o time brasileiro entraria em campo com Diego Cavalieri (Fluminense), Daniel Alves (Barcelona), Thiago Silva (PSG), David Luiz (Chelsea) e Marcelo (Real Madrid); Paulinho (Corinthians), Ramires (Chelsea) e Oscar (Chelsea); Neymar (Barcelona), Fred (Fluminense) e Hulk (Zenit). Vale destacar que a mudança de Dedé, do Vasco para o Cruzeiro, e sua lesão no meio do ano, assim como o crescimento de David Luiz, geraram a mudança no miolo de zaga titular; Ramires também mostrou estrela nos momentos em que entrou e Hulk, apesar das limitações técnicas, atropelou, com muita força e ótimas apresentações na Copa das Confederações.

Para o time reserva, Julio Cesar (Queens Park Rangers), Maicon (Roma), Dante (Bayern), Dedé (Cruzeiro) e Maxwell (PSG); Luiz Gustavo (Wolfsburg), Hernanes (Lazio) e Éverton Ribeiro (Cruzeiro); Lucas (PSG), Jô (Atlético-MG) e Bernard (Shakhtar). Aqui são muitas mudanças em relação ao time do começo do ano, por motivos variados. Maicon parece estar retomando o bom futebol e continua com força, Luiz Gustavo foi uma grata surpresa com seu desempenho quase impecável no torneio do meio do ano e Éverton Ribeiro foi o craque do campeonato brasileiro. Para compor os 23 jogadores necessários, ainda levaria o goleiro Jefferson (Botafogo).

Vários jogadores saíram da minha lista por queda de rendimento e/ou crescimento de outros atletas; é o caso do lateral–direito Adriano (Barcelona), Miranda e Felipe Luis (Atlético de Madrid), Jean (Fluminense) e o caso mais dramático, Alexandre Pato (Corinthians). Esses jogadores passam para uma “lista de espera”, ao lado de Kaká e Robinho (Milan), Ganso (São Paulo) e Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG). Sobre os dois últimos é inegável seu talento, mas o tempo que perderam, respectivamente, com contusões e… baladas(?!) pode ter sido fatal para suas pretensões. Mesmo alguns dos reservas precisam ser observados bem de perto ao longo do primeiro semestre de 2014 para que ratifiquem suas vagas; é o caso de Lucas e Jô.

Enfim, “meu grupo” está quase fechado, com duas ou três dúvidas pontuais, e imagino que Felipão esteja em situação semelhante, ainda que, também pontualmente, suas dúvidas sejam um pouco diferentes das minhas. Vale a pena observar o começo do ano e a retomada dos campeonatos para finalmente definir os nomes dos convocados. De qualquer forma, o time vai forte para a disputa do título.